Cessão de poço e gerenciamnento do abastecimento pela Caern beneficiam Carnaubais, Porto do Mangue e Serra do Mel

FABINHO CAERNPrefeitos e representantes da Caern falam sobre a parceria (Foto/Reprodução: Blog do Toni Martins)

O problema do abastecimento de água na Serra do Mel e em Porto do Mangue está prestes de ser solucionado. Pelo menos é o que espera a população dessas localidades mediante os entendimentos que estão sendo conduzidos pelos prefeitos dos dois municípios e a diretoria da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

Além de Serra do Mel e Porto do Mangue, a iniciativa contempla ainda Carnaubais. Numa reunião realizada quarta-feira, 5, com os prefeitos dos três municípios, diretores da regional da Caern em Mossoró e Assú, Neilton Barreto e Antonio de Pádua Costa, respectivamente, confirmaram que a companhia assumirá o abastecimento nos três municípios, que juntos somam aproximadamente 25 mil habitantes. 

Pelo que foi acordado, a partir do poço Ban-1, localizado no município de Carnaubais, a Caern custeará a manutenção do poço, algo em torno de R$ 35 mil mensais com energia, expandindo o fornecimento de água para Serra do Mel e Porto do Mangue.

O poço Ban-1 foi inaugurado em 2006 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Por isso foi batizado de “Poço de Lula”. O poço tem capacidade para abastecer os municípios vizinhos citados com água de primeira qualidade. Atualmente apenas algumas áreas de assentamento de Carnaubais dispõem deste beneficio.

A parceria será fechada numa outra reunião que acontecerá em Natal, em data ainda não confirmada. O acordo envolve os prefeitos Fábio Bezerra de Oliveira, “Fabinho” (PMDB), de Serra do Mel; Francisco Gomes Batista, “Titico” (PMDB), de Porto do Mangue; e Luiz Gonzaga Cavalcante, “Luizinho” (PSB), de Carnaubais, Caern, Petrobras e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-RN) que hoje dividem a fatura da energia com a Prefeitura de Carnaubais.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *