Vinte e seis anos depois, tricolor conquista título brasileiro sob o comando de Muricy

FLU I Cerca de 40 mil torcedores, no Engenhão, viram o Fluminense ser campeão

Vinte e seis anos, seis meses e oito dias. Esse foi o tempo em que o grito eufórico e emocionado do título brasileiro ficou engasgado na garganta de cada um dos milhões de tricolores espalhados por todo o Brasil. Mas neste domingo, 5 de dezembro de 2010, Conca, Mariano, Fred, Washington  & Cia., comandados por Muricy Ramalho e sob a estrela do mais novo herói, Emerson, o Sheik, autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, decretaram, num Engenhão espremido por mais de 40 mil torcedores, que as cores que agora mandam no futebol brasileiro são o verde, o grená e branco.

FLU

Fred comemora com Emerson, autor do gol da vitória e do título

A festa do pó de arroz está de volta. A torcida grita, com toda força, que o Fluminense é tricampeão brasileiro, lembrando a Taça de Prata conquistada em 1970. Para a CBF, ao menos por enquanto, é bicampeão. Mais importante, no entanto, é que ficou com o troféu quem mais a mereceu.

Em Areia Branca, a imensa torcida tricolor ainda comemora o título nas ruas da cidade e nos principais pontos de concentração popular, como a Praça Luiz Batista da Costa. Aliás, após o apito final, a festa tricolor começou em todos os quadrantes do país, sem data para terminar.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *