Vereadores voltam a discutir a falta de segurança em Areia Branca e defendem a reativação do posto policial na estrada da cidade

0

Antigo posto policial deu lugar à Base do Samu de Areia Branca

Na movimentada sessão ordinária de ontem, 1º, na Câmara Municipal de Areia Branca, os vereadores voltaram a discutir a falta de segurança na cidade e novamente lembraram a necessidade de reativar o posto policial na estrada da cidade.

Os edis aproveitaram a “deixa” do empresário Cleodon Bezerra, que na segunda-feira, 31, no seu programa “Costa Branca em Debate”, na Rádio Costa Branca (FM 104,3) cobrou das autoridades uma mobilização no sentido de reabrir o posto policial instalado nas proximidades do acesso à zona urbana da cidade, na BR-110, que deste que deixou de funcionar a população passou a sentir os efeitos negativos da sua desativação determinada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

Para os vereadores, é hora de uma ampla mobilização envolvendo todos os segmentos locais pela reativação da barreira policial, pois com o policiamento local enfraquecido e sem aquele aparato de segurança, a rodovia continua sendo a rota de fuga para bandidos que assaltam, roubam e praticam outros tipos de crimes na cidade.

00

Autor da proposta de instalação do posto policial na entrada da cidade, Cleodon Bezerra defende a volta da barreira policial  

Os edis lembraram que com a instalação da barreira policial em agosto de 2010, na gestão do ex-prefeito Manoel Cunha Neto, “Souza” (PHS), onde atualmente funciona a base do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) de Areia Branca, os índices de criminalidade na cidade reduziram sistematicamente.

O aparato contava com a presença de policiais 24 horas, que além de prevenir práticas delituosas, aumentou a sensação de segurança da população areia-branquense.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *