Vereador evangélico defende interdição de área urbana em frente a Assembleia de Deus durante realização de cultos

0

Vereador Dijalma defendeu pleito que garante mais segurança aos  evangélicos durante cultos

O vereador Dijalma da Silva Souza (PMDB), que é evangélico, levou para o plenário da Câmara Municipal, na sessão de terça-feira, 11, um tema relacionado à Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Areia Branca, agora sob a presidência do pastor Severino Gomes, que foi empossado no cargo no final do mês de fevereiro.

Em plenário, Dijalma Silva, que aniversariou ontem, 12, pediu o apoio dos colegas vereadores para um pleito da Assembleia de Deus, central, que está buscando os meios legais para interditar durante os horários de cultos (entre às 19h e 21h) a área urbana da Avenida Deputado Manoel Avelino, mais precisamente em frente ao templo central.

A fala de Dijalma teve apartes dos vereadores Nazareno Lemos (DEM), Alderi Batista (PPS) e Aldo Dantas (PMDB) que se posicionaram a favor do pleito, desde que a interdição seja apenas num dos lados da rua, que é mão dupla, pelo período de 2 horas, tempo de duração dos cultos.

O vereador Dijalma voltou a destacar a importância de interditar a via durante a realização de cultos, como forma de dar mais segurança às pessoas que muitas vezes se aglomeram em frente ao templo central, inclusive as mães que ficam com seus filhos naquela área durante as reuniões da Igreja.

A sessão foi presidida pelo vereador Sandro Góis (PV) que na oportunidade anunciou que a data da primeira sessão itinerante do ano foi alterada.

Em vez de acontecer no dia 20 como estava sendo anunciado, a reunião dos vereadores na comunidade de Serra Vermelha será dia 21, no horário das 19h, nas dependências da Escola Municipal Hercília Noronha.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *