Vereador Dijalma amplia debate no Legislativo sobre questões relacionadas à saúde pública

Dijalma Silva reforça pleitos na área da saúde (Foto: Reprodução)
O mês de fevereiro, na Câmara Municipal de Areia Branca, foi
marcado pelo amplo debate sobre questões relacionadas à saúde pública. O que
fomentou as discussões em plenário foi o avanço dos casos de dengue e as
suspeitas de doenças relacionadas ao mosquito Aedes aegypti registrados no
Estado, com reflexos nos municípios.
Um que levantou a questão na Casa, foi o vereador Dijalma da
Silva Souza (PC do B), que disse estar muito preocupado com a situação da saúde
pública local em virtude de uma série de fatores, inclusive o financeiro, pois é
consciente que a saúde financeira dos municípios não é das melhores no momento.
No caso de Areia Branca, Dijalma Souza disse ter se animado com
as declarações feitas pela prefeita Luana Bruno (PMDB) quando da leitura da sua
mensagem anual abrindo os trabalhos do ano em curso na Câmara Municipal. “A
prefeita citou entre suas metas para 2016, investimentos significativos para
melhorias nas estruturas do hospital/maternidade da cidade, inclusive com a
instalação de Sala de Parto e Centro Cirúrgico. Isso acontecendo, será um grande
avanço e trará grandes benefícios para a população”, destacou.
Segundo Dijalma Silva, o governo municipal também precisa ver
com bons olhos a questão da volta das internações naquela unidade hospitalar.
“Solicitamos por meio de ofício à Secretaria Municipal de Saúde que se busque
melhorar o atendimento às pessoas e que o hospital volte a oferecer os serviços
de internação, pois existem na cidade bons médicos, além dos contratados de fora
pela prefeitura para prestarem serviços aqui”, reforçou.
Conforme o vereador, a saúde no município passou por avanços
nos últimos anos, porém ainda enfrenta grandes desafios como a melhoria nas
condições de atendimento aos usuários e contratação de mais profissionais. “É
preciso buscar apoio governamental nas esferas federal e estadual para que se
possa dar o atendimento que nossa população precisa e merece”, concluiu Dijalma
Silva.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *