Vereador Celso Uchôa defende construção de um novo acesso à praia de São Cristóvão

Celso Uchôa acompanhou os serviços de manutenção realizados pela prefeitura no acesso à praia (Foto: Jailton Rodrigues)

Em constantes visitas à zona rural, o vereador Celso Uchôa (PL) tem levantado diversas demandas e defendido soluções para melhoria da qualidade de vida dos moradores das comunidades. Na manhã desta quinta-feira, 23, o parlamentar esteve em São Cristóvão, no litoral de Areia Branca.

Antes de chegar à comunidade, Celso Uchôa se deparou com maquinário da Prefeitura de Areia Branca que trabalha na retirada da areia que constantemente cobre a estrada de acesso à vila-praia. Essa manutenção é constante e é acompanhada pela prefeita Iraneide Rebouças (PSDB).

Diante do esforço do governo municipal em manter o acesso livre, o vereador reafirmou seu propósito de buscar uma solução para esse antigo problema que tem prejudicado a localidade ao longo dos anos.

Mesmo antes de ingressar na política, Celso Uchôa visitava São Cristóvão e já demonstrava preocupação com as condições da estrada de acesso àquela praia, que sempre foi um problema para os moradores e os visitantes, haja vista o trecho ser constantemente invadido pela areia das dunas móveis que cobre a estrada e prejudica o tráfego de veículos.

Agora vereador, Celso Uchôa afirma que seu mandato está empenhado na busca de solução para o problema. Uma das alternativas, inclusive discutida com moradores, seria a construção de um novo acesso à vila-praia, já que as constantes manutenções realizadas na estrada existente, com uso de maquinário pesado, se tornaram medidas paliativas.

“Sabemos das dificuldades impostas pelo fenômeno natural, cuja solução definitiva requer um projeto muito bem elaborado. Por isso sugerimos e estamos lutando pela construção de um novo acesso à comunidade. Da maneira como está, causa transtornos a moradores e motoristas que transitam pelo trecho. Os ventos empurram a areia das dunas que acabam por encobrir a única via de acesso à praia”, comentou Celso Uchôa.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *