Um sonho, um amigo, um adeus, companheiro Lacerda

Professor Lacerda (à esq.), deputado Fernando Mineiro, Gecilda Monteiro (PT
Areia Branca), senadora Fátima Bezerra e Carlos Júnior (presidente do PT Areia
Branca) em evento do partido (Foto: Reprodução)
 

Já diz o velho ditador popular: “Dize-me com quem
andas, que eu te direi quem tu és”. Então, Lacerda, é muito fácil saber quem tu
és. Tu andavas com alunos e alunas dia a dia, anos e anos, levando conhecimento
para a vida deles, procurando tocar o coração, extrair o melhor de cada um,
buscando formar cidadãos cada vez melhores.

Tu andavas, Lacerda, com professores, gente do bem,
que dedica a vida à causa da educação, prioridade da tua vida. O teu sonho de
construir uma sociedade melhor através de uma educação de qualidade.

Tu estavas sempre aberto, disponível, atendendo
qualquer um que te procurava. Não tinhas apego, soberba. Não importava o cargo:
diretor, presidente de sindicato, secretário de educação… Nada, nada subia a
tua cabeça. Estavas convicto de que devias servir… servir bem.

Tu andavas, Lacerda, com gente que, como tu, sonha
em construir uma sociedade mais igualitária, humana, fraterna, mesmo através da
política partidária. Sim, tu andavas com teus companheiros do PT.

E quantas andanças, quantas reuniões, quantas
campanhas políticas… não importava se tu eras candidato ou não… era o mesmo
empenho e dedicação à causa do povo… E em qualquer dificuldade, todos nós
corríamos para junto de você, eras nosso apoio, nosso líder.

Então, bem sabemos quem és: um amigo, um sonhador,
um idealista pragmático, e que não medias distância, tempo ou qualquer coisa que
estivesse a teu alcance para ajudar, acolher, receber seja quem
fosse.

Sabemos sim quem tu és. Amigo, excelente pai, dono
de casa, professor, sindicalista, secretário, diretor, petista, enfim…
companheiro. Companheiro que nunca fugiu da luta. E em nome dela,
tombaste.

Sim, podemos afirmar: combateste o bom combate.

E sabendo bem que tu és, não se pode dizer-te
“adeus”. Não, o destino nos pregou esta peça, mas não será um último adeus.
Afinal, companheiro, a luta continua.

E tu nos ensinaste isso. Deste o exemplo. Teu sonho
é nosso também. Estamos nessa. Sentindo sim, que tua ausência física deixará uma
imensa lacuna, mas nos reconforta saber que, de alguma forma, tu não vai nos
abandonar… darás um jeitinho de estar ao nosso lado animando a dura caminhada,
companheiro.

Nós, que fazemos o Partido dos Trabalhadores de
Areia Branca, ainda no impacto da morte prematura e tão inesperada do nosso
amigo Raimundo Lacerda Alves Felipe, ocorrida na noite de ontem, 05 de janeiro
de 2015, em Natal, durante uma cirurgia, prestamos nossa homenagem e
solidariedade à toda sua família, amigos e parentes, bem como toda a população
de Areia Branca e convidamos a quem puder, participar do velório que acontecerá
durante o dia de hoje, quarta, em frente ao Tiro de Guerra, em Mossoró, e às
cinco horas da tarde, para o sepultamento também em Mossoró, sua cidade
natal.

Adeus, sim. Mas o teu sonho continua, companheiro
Lacerda.

Areia Branca-RN, 06 de janeiro de
2016.

Carlos Alberto B. Junior

Presidente

Partido dos Trabalhadores

PT – Areia Branca/RN

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *