TSE negou pedido de liminar e retorno ao cargo do prefeito afastado de Baraúna; segunda colocada segue no comando do município

0 OK

Isoares Martins segue afastado do cargo de prefeito de Baraúna

Assim como aconteceu com a prefeita afastada de Mossoró, Cláudia Regina (DEM), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou pedido de liminar e retorno ao cargo do prefeito afastado de Baraúna, Isoares Martins (PR), cassado pela Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte por abuso de poder político na eleição de 2012.

A decisão da última sexta-feira, 8, do ministro Dias Toffoli, foi divulgada hoje, 10, e mantém Luciana Oliveira (PMDB) na Prefeitura de Baraúna.

“(…) Indefiro a liminar, sem prejuízo da apreciação de novo pedido, após o exame de admissibilidade do recurso a ser realizado pela instância ordinária”, decidiu Dias Toffoli, transferindo a decisão definitiva ao Pleno do TSE.

00

                                                            Luciana Oliveira permanece no comando do Executivo baraunense

Até lá, vale a sentença que julgou procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral e que condenou Isoares Martins à cassação de diploma, multa de R$ 20 mil e inelegibilidade por oito anos, conforme decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN).

A prefeita Luciana Oliveira e o vice-prefeito Edson Barbosa (PV) assumiram a Prefeitura de Baraúna no último dia 30 de janeiro, no lugar de Isoares Martins e Elisabete Rebouças, respectivamente.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *