TSE aprova, à unanimidade, candidatura de Bolsonaro à reeleição

O presidente Jair Bolsonaro está apto a disputar um novo mandato nas eleições de outubro (Foto: Reprodução/PR)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na terça-feira, 6, o registro da candidatura à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL). O pedido foi aprovado por unanimidade. Com isso, o chefe do Executivo está apto a disputar um novo mandato nas eleições de outubro.

O relator do registro é o presidente do TSE, Alexandre de Moraes. Ele foi sorteado para analisar se a candidatura atende a todos os requisitos formais e se não há causas de inelegibilidade.

Aprovaram o registo da candidatura Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Raul Araújo Filho, Mauro Campbell Marques, Benedito Gonçalves, Sérgio Silveira Banhos, Carlos Bastide Horbach e o próprio Moraes.

A defesa de Bolsonaro lembra que, além de preencher os requisitos básicos para ser presidente, não há contra ele nenhuma condenação criminal. O chefe do Executivo também não possui condenação em órgão colegiado — o que poderia retirá-lo da disputa, de acordo com a Lei da Ficha Limpa.

O Ministério Público Eleitoral (MPE), que sempre opina nesses processos, não se manifestou pela rejeição da candidatura e recomendou o arquivamento de um único pedido contrário. A solicitação de rejeitar a candidatura do presidente foi apresentada por um eleitor chamado Daniel Fonseca. O MPE, por sua vez, entendeu que as acusações são infundadas. (Com informações Terra Brasil Notícias).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *