Tropical Casa Show realizará hoje o show do ano com Edson Gomes, considerado o maior cantor de reggae brasileiro

00Edson Gomes, o maior nome do reggae brasileiro, hoje em Areia Branca 

Daqui a pouco, a partir das 22h30, o cantor Edson Gomes estará subindo ao palco da Tropical Casa Show, em Areia Branca, para a apresentação mais esperada da cidade e da região. Expectativa de casa cheia, haja vista o cantor possuir uma legião de fãs que costumam acompanhá-lo onde quer que ele vá. Polêmico, o cantor de reggae brasileiro é considerado o maior nome deste gênero musical no país.

Diante da projeção de público recorde na Tropical Casa Show, hoje, os responsáveis pelo evento tomaram algumas providências para evitar problemas decorrentes da superlotação do local. O Poder judiciário do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Juízo de Direito Vara Cível da Comarca de Areia Branca também adotou medidas quanto à presença de menores no ambiente festivo.

0Hoje, a Comarca de Areia Branca divulgou um comunicado às pessoas que irão para o show do cantor Edson Gomes, estabelecendo que:

1º – Não será permitida a entrada de pessoas menores de 12 anos, mesmo que estejam acompanhados dos pais ou responsável legal.

2º – Os adolescentes com idade entre 12 e 15 anos, só poderão entrar na festa, se estiverem acompanhados dos pais ou responsável legal maior de 21 anos de idade e documento de identificação pessoal.

3º – Os adolescentes com idade acima de 15 anos, só poderão entrar na festa desacompanhados dos pais, se estiverem com uma autorização assinada pelos pais ou responsável legal maior de 21 anos de idade e documento de identificação pessoal.

As autorizações para os adolescentes estão sendo fornecidas pelo Conselho Tutelar, pelo Fórum de Areia Branca e pelos Agentes Judiciários de Proteção

História

Nascido no município de Cachoeira (BA), Edson Gomes pensava em ser jogador de futebol, mas aos 16 anos de idade, após ganhar um festival de música em sua cidade, resolveu seguir a carreira artística. Devido às dificuldades ele teve que abandonar os estudos.

Em 1982, Edson viaja para São Paulo e arranja um emprego na área da construção civil. Foi escolhido como o melhor intérprete do Festival Canta Bahia com a música “Rasta”, levou o Troféu Caymmi e gravou um compacto.

Em 1988, gravou o álbum “Reggae Resistência”, lançado pela gravadora EMI de onde saiu o seu primeiro sucesso a canção “Samarina”, com seu estilo já definido como um roots reggae engajado, influenciado por Bob Marley e Jimmi Cliff

No ano de 1990, foi lançado o disco  “Recôncavo”. Em 1992 sai o álbum “Campo de Batalha”, e seu sucesso se espalha pela região Nordeste e por todo o país.

Em 1996 Edson foi convidado para abrir o show de Alpha Blondi, em Salvador. Tocou para 22 mil pessoas que cantaram as suas músicas, sendo o maior evento de reggae  da Bahia naquele ano.

O quarto disco de Edson intitulado “Reggae Fatal”, lançado em 1995, foi um sucesso de vendas e tem como destaque a canção”Isaac”.

No ano de 1999 lançou “Apocalypse”, onde destacam-se “Camelô”, “O País é Culpado” e “Apocalypse”. Ainda em 1999 Edson deixa a gravadora EMI, que lança uma coletânea intitulada “Meus Momentos” que resgata os sucessos antigos de Edson Gomes.

O cantor tem um grupo fiel de seguidores, embora não seja nacionalmente conhecido, pois critica diversos setores da sociedade. Suas músicas falam de amor e revoltas.

Discografia

Reggae Resistência (1988)

Recôncavo (1990)

Campo de Batalha (1992)

Resgate Natal (1995)

Meus Momentos (Coletânea) (1997)

Apocalipse (1999)

Serie Bís (Coletânea) (2000)

Acorde,Levante,e Lute (2001)

Ao vivo em Salvador(2006, CD e DVD ao vivo).

Ao Vivo em Senhor do Bonfim (2010)

República do Reggae, CD 2013

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *