Tribunal Superior Eleitoral decide que prefeitos e vices cassados e afastados pelo TRE-RN devem permanecer nos cargos

alCláudia Regina e Wellington Filho poderão retornar ao comando da Prefeitura de Mossoró 

Nessa avalanche de cassações decorrentes de ações de impugnações de mandatos eletivos que tramitaram no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), pode-se dizer que “entre vivos e mortos salvaram-se todos”. Ou quase. Dos prefeitos que perderam o mandato no período, só a de Mossoró, Cláudia Regina (DEM) e seu vice, Wellington Filho (PMDB), que estão afastados, não vão retornar ao cargo ainda esta semana.

Ontem, 19, o dia foi de fortes emoções nos bastidores da política potiguar. As atenções estavam voltadas para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF), que acatou praticamente todos os recursos impetrados contra decisões do TRE-RN em que cassaram prefeitos e vices de vários municípios.al 2                                        Prefeito cassado, Isoares Martins, retorna ao cargo em Baraúna

Em Baraúna, o prefeito cassado e afastado, Isoares Martins (PR), já está com a liminar do TSE lhe garantindo retorno ao cargo. Com isso, não acontecerá mais a posse da segunda colocada nas eleições de 2012, Luciana Oliveira (PMDB) e do vice Édson Barbosa (PV), que estava marcada para a manhã desta sexta-feira, 20.al 2                           “Luizinho”, de Carnaubais, também teve retorno assegurado ao cargo, pelo TSE

Em Carnaubais, o prefeito afastado Luiz Gonzaga Cavalcante, “Luizinho” (PSB), também está retornado ao cargo. O mesmo ocorre com o prefeito cassado de Marcelino Vieira, José Ferrari de Oliveira (PR) e a vice Tâmisa Tébita (PSD), que conseguiram liminar no TSE para retornarem aos cargos até que o mérito seja julgado naquela corte.al 4                         Prefeita cassada de Taboleiro Grande, Klébia Bessa, também permanecerá no cargo

Em Taboleiro Grande, a prefeita Klébia Ferreira Bessa Filgueira (PSD) e o vice José Lenário da Silva (PSD), cassados pelo TRE-RN, vão reassumir os respectivos cargos.

Assim, nos municípios onde o TRE-RN já havia decidido pela realização de novas eleições no dia 2 de fevereiro de 2014, os pleitos estão automaticamente suspensos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *