Técnicos de Areia Branca visitam município oestano para conhecer o Projeto Bioágua

95Ademilton, Ari Félix, prefeito Jackson Queiroga, Luiz Rolim e Moacir (Emter) durante encontro com o gestor 

Uma equipe de Areia Branca, tendo à frente o secretário municipal de Agricultura e Pesca, engenheiro agrônomo Ari Félix da Silva, esteve ontem, 25, no município de Olho D´Água dos Borges, para conhecer o sistema de reaproveitamento da água, denominado de Projeto Bioágua Familiar, implantado naquela localidade.

Além de Ari Félix, integraram a equipe o gerente de abastecimento do município, técnico agrícola Luiz Rolim; Moacir Januário, técnico do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (Emater); e Ademilton, da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca.959Técnicos observam o sistema que permite o reuso da água  

O objetivo da visita foi conhecer o projeto e sua metodologia com base na realidade do semiárido, visando uma possível implantação em Areia Branca.

A comitiva areia-branquense foi recebida pelo prefeito de Olho D´Água dos Borges, Jackson Queiroga, e por representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais daquele município.

Ao fazer um relato sobre a viagem a Olho D´Água do Borges, o secretário Ari Félix disse que o projeto BioÁgua introduz um sistema de reuso da água em propriedades rurais.

Em Olho D´Água do Borges, município escolhido como piloto para o projeto, com a instalação do sistema de BioÁgua o produtor rural está conseguindo aproveitar toda a água cinza proveniente de seu consumo doméstico para irrigar hortaliças.9658 11Hortaliças implantadas no meio rural a partir do projeto

Esse trabalho foi idealizado pelo Projeto Dom Helder Câmara e conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário e do Fundo Internacional de Desenvolvimento da Agricultura.

Por meio desse sistema quase toda a água das casas pode ser reaproveitada de maneira segura.

Até o momento três estruturas deste tipo foram instaladas no semiárido nordestino. O funcionamento é simples, toda a água da casa é escoada por somente um cano e depois direcionada a um filtro com camadas de diferentes materiais: seixos, brita, areia lavada, serragem e húmus com minhocas.9665 12Luiz Rolim confere de perto a eficácia da inicativa na cidade oestana

Após passar pela etapa de filtragem, a água é diretamente encaminhada à irrigação. O sistema passou por diversos testes até ser finalizado com a garantia de que a reutilização da água é segura e atende aos padrões de qualidade estipulados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fotos: Erivan Silva

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *