Técnicos da Funasa fazem limpeza de poços artesianos na zona rural e ainda está semana devem iniciar testes de vazão

ALUÍSIO FÉLIZ, DA FUNASA, E O GERENTE SENA VISITARAM ÁREAS ONDE OS POÇOS SERÃO INSTALADOS[4]Aluísio Félix, da Funasa, esteve analisando áreas para futuras perfurações de poços. À direita, o gerente José Sena (Foto: Erivan Silva)

Técnicos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) estão realizando limpeza dos poços artesianos instalados na zona rural do município. A previsão da Gerência Executiva de Recursos Hídricos do município, que acompanha a operação, é que os serviços sejam concluídos até sexta-feira, 8, quando serão iniciados os testes de vazão nas unidades recuperadas.

O gerente de Recursos Hídricos, José Maria de Sena, informa que, após esses procedimentos nos poços artesianos em Ponta do Mel, São Cristóvão e São José, a Prefeitura de Areia Branca, por meio da Gerência de Recursos Hídricos, vai elaborar um relatório que será enviado ao Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) para definir em quais localidades rurais o órgão irá perfurar novos poços.

Segundo José Sena, independente do relatório que será enviado apontando a necessidade de ampliação da oferta de água no município, o Dnocs já garantiu a perfuração de um novo poço na comunidade de São José. A iniciativa e resultado da parceria da Prefeitura de Areia Branca com o órgão, com o objetivo de melhorar o abastecimento no perímetro rural.

De acordo com o gerente José Sena, os poços artesianos em operação nas comunidades beneficiadas têm entre 20 e 190 metros de profundidade, com uma vazão d´água de cerca de 7 mil litros por hora. O líquido é destinado ao uso doméstico e animal, além de servir para manutenção de pequenas plantações.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *