Suplente justifica porque não assumiu vaga temporária no Conselho Tutelar de Areia Branca quando foi convocado pela entidade

THOMASThomas explica que não assumiu vaga no Conselho devido à estabilidade na paróquia 

“Na verdade eu não me recusei a assumir a função de conselheiro tutelar”. Foi o que declarou ontem, 15, via e-mail, o vice-presidente das Obras Sociais Dom Bosco (OSDB), em Areia Branca, Thomas Magnum, a respeito da sua condição de primeiro suplente do Conselho Tutelar, no município.

De acordo com Thomas Magnum, da primeira vez que foi convocado para assumir a vaga no Conselho Tutelar era para ocupar função temporária, ou seja, tirar as férias dos conselheiros. “Tendo em vista que estava (e ainda estou) trabalhando na paróquia com carteira assinada, não teria sentido me demitir para tirar as férias dos conselheiros e logo após pouco tempo, talvez 6 meses, ficar desempregado”, justifica.

Ainda no comunicado, Thomas diz que se justificou e se colocou à disposição para a vaga futura, mas devido à regra do Conselho Tutelar, foram chamados os suplentes seguintes, “pois naquele momento passou a minha vez por não está disponível, independente do motivo”.
“Esse foi o meu motivo. Fica chato para quem acredita no meu trabalho e ver que agora me recusei a assumir uma função ao qual 811 pessoas confiaram em mim”, encerra, parabenizando o novo conselheiro tutelar Gunar Vingren, considerando-o muito competente e com a certeza de que o novo convocado para a função fará um ótimo trabalho.

Entenda o caso

O especialista em assuntos comunitários, Gunar Vingren de Souza Moreira, foi convocado oficialmente ontem, 15, para assumir a vaga de conselheiro tutelar no lugar da turismóloga Viviane Araújo, que aceitou o convite da prefeita Luana Bruno (PMDB) para gerenciar a pasta do Turismo.

A princípio, a interpretação foi que o substituto de Viviane seria Thomas Magnum, primeiro suplente do Conselho. Houve contestação da parte do quinto suplente, Gunar Vingren, baseado no fato de que tanto Thomas, como os suplentes que vieram na sequência haviam descartado assumir a função em caráter temporário.

Ontem, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdca), Ronaldo Nicácio Filho, deu posse a Gunar Vingren no Conselho Tutelar, depois que o mesmo cumpriu todas as exigências com relação a prazo e apresentação da documentação no Departamento de Recursos Humanos, da Prefeitura de Areia Branca.GUNNAR E RONALDO       Ronaldo Nicácio, do Comdca, dando posse a Gunar no cargo de conselheiro tutelar (Foto: Reprodução)

A última eleição para conselheiro tutelar em Areia Branca foi realizada em maio de 2011. Mas com as novas regras que estabelecem coincidência de data nas eleições nos conselhos tutelares de todo o país, o mandato da atual composição de cinco conselheiros vai até janeiro de 2016, com a próxima eleição acontecendo em outubro de 2015.

Para chegar ao mandato de conselheiro tutelar de Areia Branca, Gunar Vingren teve que contar com a sorte, primeiramente, já que à sua frente estavam os suplentes Thomas Magnum, que obteve 811 votos; Priscilla Acsa da Silva Alves, 782; Hallerrandro Halison de Souza; 747; Antonia Bezerra da Silva Nascimento, 718; e o próprio Gunar Vingren, que teve 703 Votos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *