Sucessão municipal em Serra do Mel poderá ter reviravolta com o PR indicando o vice

SERRA PMDB“Cione” com a mãe e pré-candidata Lúcia Oliveira, e o prefeito Bibiano: nome definido

O processo eleitoral em Serra do Mel poderá ter uma reviravolta, com o Partido da República (PR) se unindo ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) para definição da chapa que concorrerá à sucessão do prefeito Josivan Bibiano de Azevedo (PSDB). “As chances dessa aliança se concretizar são de 99,99%”, atesta uma influente fonte ligada ao peemedebismo na região.

Em Serra do Mel, observadores do atual momento político indicam a possibilidade de entendimento entre o pré-candidato a prefeito Paulo Silas (PR) com o sistema governista, que tem como pré-candidata à sucessão do prefeito Bibiano a ex-primeira-dama do município, Lúcia Oliveira (PMDB).

Antes ligado ao sistema governista, Paulo Silas era Chefe de Gabinete do prefeito Bibiano e cogitava integrar a chapa majoritária desde as eleições de 2008. Sem esconder o desejo de sair candidato este ano, ele começou cedo a trabalhar seu nome junto à base governista. Apesar de bem aceito no grupo, o apoio do prefeito ao seu projeto político seria muito difícil em razão de um compromisso assumido por Bibiano com o PMDB local, onde o partido indicaria o candidato à sua sucessão.

O fator determinante para Paulo Silas entregar o cargo que ocupava no primeiro escalão do governo municipal e assumir uma posição de independência como pré-candidato a prefeito, pelo PR, foi a investida do vereador Francione Bezerra de Oliveira, “Cione” (PMDB), como pré-candidato governista. Mas mesmo trilhando por caminhos diferentes, Paulo Silas manteve as boas relações com o prefeito e preservou os laços de amizade com “Cione”.

A mudança de cenário começou na semana passada, quando ao invés da pré-candidatura de “Cione”, o PMDB serrano confirmou a mãe deste, Lúcia Oliveira, como nome do partido à prefeitura nas eleições deste ano. A indicação tinha a preferência do prefeito Bibiano e de expoentes do seu grupo político, que consideravam a pré-candidata potencialmente mais preparada que o filho para a disputa majoritária.PAULO SILAS E MAIA Paulo Silas com o deputado federal João Maia, presidente do PR potiguar: aliança à vista?

Com a troca de nomes para cabeça de chapa no sistema governista e um possível entendimento entre PMDB e PR, na esfera estadual, a expectativa é que o governismo em Serra do Mel poderá definir a seguinte chapa: Lúcia Oliveira, para prefeito, e Paulo Silas, vice-prefeito.

Valendo ressaltar que existem outros nomes em evidência para compor com o governismo. Entre os que aparecem bem nesse aspecto estão o pré-candidato a prefeito Manoel Cândido (PT), ex-vice-prefeito José Félix da Silva, “Zé Galego” (DEM), entre outros.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *