Souza recebe apoio do governador para acabar com vala que passa por vários bairros de Areia Branca

Robinson Faria ouviu pleito do deputado Souza em relação a vala (Foto: Erivan Silva) 
O fim de uma vala que passa por vários bairros da zona urbana
de Areia Branca, volta a ser tema de discussão. Desta feita na esfera estadual.
O assunto veio à tona durante a visita do governador Robinson Faria (PSD) a esta
cidade no sábado, 9, onde cumpriu agenda e seguiu para outros municípios da
região da Costa Branca.
Na solenidade realizada na Câmara Municipal de Areia Branca, o
deputado estadual Manoel Cunha Neto, “Souza” (PHS), pediu ao governador empenho
para resolver esse que é um problema que remonta há mais de três décadas, sem
solução.
O governador disse que se trata de um projeto relativamente
caro, com custo estimado em mais de R$ 18 milhões. “O Governo do Estado não tem
esse dinheiro para bancar o projeto, mas vamos refazer os cálculos, realizar um
novo estudo técnico na área e de posse dos dados iremos a Brasília falar com o
Ministro Gilberto Kassab (das Cidades), mostrar a importância do projeto e a
necessidade de executá-lo”, afirmou Robinson Faria.
Para o deputado Souza, que provocou a discussão, a boa vontade
do governador em relação ao projeto o deixou bastante entusiasmado. “Vamos nos
unir ao Governo do Estado na luta pela concretização desse sonho de milhares de
areia-branquenses que convivem com essa situação incômoda causada pelo “valão”
que constitui um gigantesco esgoto a céu aberto”, reforçou o parlamentar.
Souza disse que quando foi prefeito de Areia Branca, um dos
itens do rol de prioridades do seu governo foi justamente acabar com a levada
que passa por trás da Escola Municipal Professora Geralda Cruz e se estende ao
longo de vários bairros. “Defendemos, na época, a humanização da vala e depois
transformá-la  num canal coberto. Para isso a prefeitura precisaria da parceria
com organismos das esferas federal e estadual, como precisará agora”,
acrescentou.
Na época, Souza chegou a ir a Brasília (DF) com o presidente do
Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) local, Cleodon Bezerra, que
exercia o mandato de vereador. A viagem teve como objetivo tentar junto a
setores do Governo Federal a viabilização do projeto de saneamento básico que
contemplaria a área afetada pela levada e outros pontos considerados críticos na
zona urbana da cidade.
Esgoto a céu aberto passa por vários bairros, numa extensão de mais de 4 km (Foto: Jailton Rodrigues)
Apesar do apoio de parlamentares da bancada potiguar, a
burocracia e o excesso de exigências dos órgãos ambientais dificultaram a
tramitação do projeto da vala. “Agora a realidade é outra, os pleitos
apresentados junto aos organismos governamentais tramitam de forma mais célere.
Diante disso, vamos buscar o apoio de quantos queiram se unir a nós nessa luta
em favor do projeto da vala”, concluiu o deputado Souza. 
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *