Sobe para 240 o número de mortos na tragédia na boate Kiss, em Santa Maria; estudante falecido hoje estava internado desde o dia do incêndio

00 okPedro Falcão Pinheiro (o primeiro) morreu hoje. Ele estava internado desde o dia da tragédia (Foto/Reprodução: Facebook)

Morreu na manhã deste sábado, 2, mais uma vítima da tragédia na boate Kiss, em Santa Maria (RS). Pedro Falcão Pinheiro, 25, estava internado desde 27 de janeiro, o dia do incêndio, no Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre.

Com isso, sobe para 240 o número de mortos na tragédia da casa noturna. Pinheiro é o sexto ferido em estado grave a morrer internado na capital gaúcha. O último havia sido Rodrigo Taugen, 29, no dia 10 de fevereiro.

Nas últimas semanas, a situação de saúde de Pedro Falcão Pinheiro gerou uma mobilização por mais doações de sangue em Porto Alegre. Amigos e apoiadores criaram um movimento de ajuda nas redes sociais que usava a expressão #forçapedro.

Pinheiro morava em Santa Maria. Segundo seu perfil no Facebook, ele nasceu na cidade de Santana do Livramento, trabalhava na América Latina Logística e estudava na universidade Unifra.

Cinco semanas após o incêndio, cerca de 20 sobreviventes ainda estão internados em hospitais de Porto Alegre e de Santa Maria. Mais de 120 pessoas que precisaram ser hospitalizadas logo após o incêndio já receberam alta.

O Ministério da Saúde promete manter um acompanhamento médico de até cinco anos desses sobreviventes. (Com informações de Felipe Bachtold, de Porto Alegre, para Folha/UOL).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *