Sindicatos e empresariado do setor marítimo discutem Acordo Coletivo de Trabalho

CATEGORIA DOS MARÍTIMOS DISCUTEM BENEFÍCIOSClasse marítima busca melhorias salariais

Nesta terça-feira, 10, acontecerá a primeira reunião entre os dirigentes sindicais representantes da classe marítima e o empresariado patronal, abrangidos pela área de navegação do Porto de Areia Branca. O encontro será a partir das 14h, na sala de reuniões da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern).

Durante a reunião, entre outros assuntos, será discutida a pauta de negociação que trata da renovação do Acordo Coletivo de Trabalho da categoria marítima para o biênio 2011/2012. As principais cláusulas em discussão, são: reposição salarial que será corrigida pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC), com data-base em 1º de abril; Plano de Saúde e Odontológico. atualização do valor do Vale-alimentação; gratificações para comandante e Chefe de Máquina; e demais cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho.

Estarão presentes neste primeiro encontro, representando a classe marítima: João Batista Souto, presidente do Sindicato dos Mestres de Cabotagem e Contramestres; Lenilton do Vale Souza, presidente do Sindicato dos Aquaviários de Máquinas da Marinha Mercante/RN; e Francisco Ventura, delegado do Sindicato Nacional dos Marinheiros e Moços, que também representa o Sindicato Nacional dos Taifeiros e Culinários.

Representando a classe empresarial da área de
navegação, estarão presentes: Sylvio Rodrigues Maia Júnior, procurador da empresa Frota Oceânica e Amazônica S/A, que estará acompanhado do Diretor Financeiro da empresa, representando o escritório central no Rio de Janeiro; Hélio Borges, diretor-presidente da HB Navegação Ltda; e o empresário Cleodon Bezerra de Oliveira, sócio-diretor da empresa de Serviços Marítimos de Apoio à Praticagem (Sermapra).

As empresas Antônio Carlos Transportes Marítimos Ltda, que presta serviços de apoio portuário no Terminal Salineiro e a empresa Nacional Transportes Marítimos (Maranata) vão se reunir com os sindicalistas em outra data a ser confirmada posteriormente.

Atualmente o salário de um Marinheiro de Convés é correspondente a R$ 1.719,00 e o Comandante percebe, sem gratificação, um salário de R$ 2.868,00.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *