Sindicato dos Servidores de Areia Branca promove seminário sobre regime de Previdência Própria x Previdência Privada

Pedro Neto diz que todas as dúvidas com relação a regime de previdência serão tiradas hoje

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Areia Branca (Sinspumab) promove nesta quarta-feira, 30, o I Seminário Sobre Regime de Previdência Própria x Previdência Privada. O evento será realizado na Câmara Municipal, das 8h às 13h, com o apoio da Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (Fetam-RN).

O presidente do Sinspumab, José Pedro Neto, informa que o seminário contará com a participação de diversos palestrantes, que irão abordar a temática “Previdência Pública x Previdência Privada”.

Entre os convidados para ministrar as palestras, estão o economista Melquisedeque Moreira Silva, Técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese); presidente da Fetam-RN, Francisco de Assis Gomes Filho; a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), Marilda Maria de Sousa; e o advogado, Lindocastro Nogueira de Morais.

Segundo Pedro Neto, dirigente do sindicato representativo da categoria dos servidores públicos do município, o evento tem como objetivo fazer uma exposição detalhada do tema apresentado, uma vez que muitas pessoas ainda têm dúvidas em relação aos dois tipos de regimes de previdência.

De acordo com as explicações básicas a previdência privada é uma aposentadoria que não está ligada ao sistema do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Ela é complementar à previdência pública. Nos planos de previdência privada, é possível escolher o valor da contribuição e a periodicidade em que ela será feita.

Instituições financeiras como a Caixa Econômica Federal (CEF) recomendam que uma alternativa ao plano de independência financeira, ou mesmo um bom complemento a ele, é a aquisição de um plano de previdência privada. Com um plano de previdência privada, os recursos acumulados se transformarão em fonte de renda para uma aposentadoria no futuro. É uma fonte de renda complementar à previdência pública.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *