Sesap implanta plataforma para regulação de cirurgias no RN

A previsão de implantação é até o final do primeiro trimestre de 2022 (Foto: Sesap/Assecom)

Informatizar as filas de cirurgias eletivas no Estado do Rio Grande do Norte, dando mais transparência e segurança aos usuários do SUS. Este é o objetivo da plataforma Regula Cirurgias, que está em fase de implementação através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio da Unidade de Gestão e Tecnologia da Informação (UGTSIC) parte integrante da própria secretaria.

“O sistema Regula Cirurgias vem para oferecer maior transparência, equidade e acesso ao programa Mais Cirurgia, Mais Saúde. A população terá acesso aos dados e também facilitará para os municípios a organização e celeridade das cirurgias eletivas, através da visualização e mapeamento”, afirma Lyane Ramalho, secretária-adjunta da Sesap.

“O sistema é uma de muitas atividades desenvolvidas pelo setor responsável pela informação e informática desta secretaria, que tem o intuito de informatizar a saúde e trazer transparência a todo o processo administrativo e a população” afirma Chander Pinheiro, Diretor de Tecnologia da Informação

A primeira parte da implementação acontece por meio das capacitações iniciadas na quarta-feira, 26, com a participação dos reguladores municipais, divididos em turmas por regionais de saúde de todo o Rio Grande do Norte.

Desenvolvida pela equipe de Regulação da Sesap, o momento envolve todas as regiões de saúde através dos servidores que atuam diretamente na regulação das cirurgias eletivas em todo o estado.

Após a capacitação, haverá o cadastramento de novos pacientes junto a todos os municípios com as regulações municipais e a lista existente hoje será preservada. “Essa parceria é fundamental para que tanto os prestadores de serviços do SUS tenham maior acesso às cirurgias, quanto os usuários. O que vai facilitar a celeridade do processo e a diminuição das filas. Tanto o usuário conseguirá acompanhar a fila e como os municípios terão o entendimento dos níveis de prioridade dos usuários”, disse Renata Nascimento, Coordenadora da Regulação em Saúde e Avaliação da Sesap.

A previsão de implantação é até o final do primeiro trimestre de 2022 e o sistema é totalmente auditável.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *