Segurança Pública planeja para 2016 concursos para Polícia Militar, Polícia Civil e Bombeiros

0Kalina Leite aponta déficit nos quadros da segurança pública (Foto: Reprodução)

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PM-RN) vai fechar o ano de 2015 com 500 policiais a menos do que iniciou o ano. Ao mesmo tempo a Polícia Civil luta contra um déficit de aproximadamente 70% do quadro de agentes, escrivães e delegados, mesmo com a nova turma de concursados que acaba de entrar na corporação. Da mesma maneira o Instituto Técnico-científico de Polícia do RN (Itep-RN) ainda não firmou o seu estatuto dos servidores.

As declarações são da secretária estadual de Segurança Pública, Kalina Leite, pontuando que “a quantidade de policiais é uma dificuldade muito grande que temos. Uma coisa que não temos como comprar nem mandar fabricar é gente. A burocracia e a falta de verba dificulta a compra de carros, armas, equipamentos, mas o material humano não tem como”.

Por isso, a secretária assegura que serão realizados concursos durante o próximo ano, para todas as forças. “Para 2016 precisamos resolver urgentemente essa questão do estatuto do Itep e fazer os concursos para Polícia Militar, Polícia Civil e Bombeiros, que já estão autorizados pelo governo. Agora vamos conversar com o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para tentar resolver a questão do limite de gastos da Lei de Responsabilidade Fiscal”, afirmou Kalina.

Mas, enquanto não abre os concursos para reforço de efetivo na segurança pública, a secretária aposta nas promoções de carreira. Até o momento, mais de três mil policiais receberam promoção de posto em 2015. “Precisamos investir também no profissional que está na ponta-de-lança diariamente, que está trabalhando por dois ou três homens”, completou. (Com informações do Novo Jornal/Natal).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *