Secretaria da Saúde registra cinco casos suspeitos de coronavírus no RN; pacientes estão em isolamento domiciliar

Médicos do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, investigam casos suspeitos de Covid-19 (Foto: Reprodução)

O Rio Grande do Norte tem cinco casos suspeitos de coronavírus. É o que informou a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) na manhã desta quinta-feira, 27. Os casos são considerados suspeitos conforme protocolo do Ministério da Saúde.

Dos três casos que estavam sob investigação, apenas um segue sem definição. Os outros dois foram classificados como suspeitos para Covid-19 – o novo coronavírus. Além desses, foram notificados mais três casos, os quais já foram classificados como suspeitos.

A secretaria informou ainda que todos casos suspeitos no Rio Grande do Norte possuem histórico de viagem à Itália. Os pacientes seguem em isolamento domiciliar, enquanto aguardam a confirmação ou descarte de caso para Covid-19.

“A Sesap já deu início às primeiras medidas de investigação e monitoramento, conforme estabelecido previamente no Fluxo e Plano de Contingência Estadual para Covid-19, diante de caso suspeito”, informou a pasta em nota.

Pessoas que apresentem sintomas característicos da doença e que possuem histórico de viagem recente a um dos dezesseis países (China; Japão; Irã; Vietnã; Camboja; Tailândia; Coreia do Sul; Coreia do Norte; Singapura; Alemanha; Austrália; Emirados Árabes; Filipinas; França; Itália e Malásia), ou contato com caso suspeito ou confirmado por Covid-19, devem procurar atendimento nos serviços de saúde mais próximos de sua residência.

Dicas de Prevenção

. Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;

.Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

. Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

. Não compartilhar objetos de uso pessoal;

. Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;

. Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;

. Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *