Resgatada na atual administração, festa de emancipação política de Serra do Mel movimenta o município

FABINHO DIZ UM DOS MAIORES PROBLEMAS DO MUNICÍPIO AINDA É A DIFICULDADE DE ÁGUA“Fabinho” está resgatando uma das festas mais significativas do município (Foto: Reprodução) 

Homenagens às mães, ações administrativas e de saúde e cidadania, além de shows em praça pública marcam a programação comemorativa da 27ª festa de Emancipação Política do município de Serra do Mel, que acontece hoje e amanhã, feriado municipal.

A festa está sendo resgatada pelo prefeito Fábio Bezerra de Oliveira, “Fabinho” (PMDB), que disse que a programação foi trabalhada com muita responsabilidade, sem nenhum comprometimento das finanças municipais. “Vamos realizar uma bonita festa, sem emperrar a máquina administrativa, tampouco atrasar nossos compromissos administrativos”, afirma.

Segundo a comissão da festa, que tem à frente a primeira-dama e secretária municipal de Saúde, Elizângela Cunha, da programação constam inaugurações de obras, festas em homenagem às mães, final do campeonato municipal de futebol, missa e culto.

Marcos Antonio 0kShow com Marcos Antônio na noite de hoje, comemora o Dia do Evangélico no município (Foto: Divulgação) 

Na parte social, segundo a comissão, nesta terça-feira, para comemorar o Dia do Evangélico, acontece culto na praça Cortez Pereira, às 19h, e logo após, show evangélico com Marcos Antônio e Banda. Nesta quinta-feira, 13, haverá diversas atrações musicais em praça pública, como Farra de Playboy, Calcinha Preta, Flávio Pisada Quente, Nilson Viana e atrações locais.

Durante os dois dias festivos, as secretarias municipais atuarão conjuntamente na realização de ações para a população, com atendimentos na área de saúde, expedição de documentos, atividades de recreação, entre outros eventos.

Autonomia política

calcinha_pretaCalcinha Preta e outras grandes atrações estarão se apresentando amanhã, em praça pública (Foto: Divulgação) 

Por estar localizado numa área onde o sertão e o litoral se encontram, o município de Serra do Mel, que foi dividido em vilas comunitárias de produção, prosperou rapidamente ao mesmo tempo em que crescia o seu núcleo populacional.

Mesmo antes da implantação do projeto de colonização da Serra do Mel, que surgiu em 1970 por uma ideia do então governador Cortez Pereira e que só foi implantado em 1972, a localidade já era conhecida pelos caçadores como Serra do Mel, em virtude da grande quantidade de mel silvestre produzido pelas abelhas existentes em abundância na região.

No dia 13 de maio de 1988, de acordo com a Lei nº 803, Serra do Mel conseguiu sua autonomia política, tendo suas terras desmembradas de Assu, Areia Branca, Carnaubais e Mossoró. Tornou-se assim um novo município potiguar.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *