Real Madrid goleia o Atlético na prorrogação e conquista o 10º título da Liga dos Campeões

0

Cristiano Ronaldo tira a camisa para comemorar o quarto gol do Real fechando a goleada (Foto: Agência EFE)

O título inédito do Atlético de Madri que parecia definido nos 90 minutos não aconteceu. Nos acréscimos do segundo tempo no Estádio da Luz, em Lisboa, em Portugal, a dois minutos do fim da partida e da festa do time treinado pelo argentino Diego Simeone, o zagueiro Sérgio Ramos, do Real Madrid, subiu para cabecear e empatar a partida no tempo normal.

Era o início do fim do sonho do Atlético, e o início da festa do Real, que viu o astro Cristiano Ronaldo apagado. Mas o galês Gareth Bale, homem mais caro do mundo, marcou na prorrogação. E o brasileiro Marcelo ainda fez, e Cristiano Ronaldo finalizou em pênalti: 4 a 1.

Foi o 10º título do Real em sua 13ª final de Liga, dessa vez treinado pelo italiano Carlo Ancelotti. Título que tira o gigante espanhol do jejum desde 2002, quando conquistou o torneio tendo o francês Zinédine Zidane como protagonista.

Essa foi a 13ª final do Real Madrid, agora com dez títulos. O Atlético disputou a decisão apenas pela segunda vez. Há 40 anos, na temporada 1973/74, foi vice-campeão após ser goleado por 4 a 0 pelo Bayern de Munique.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *