PTC lamenta morte de Miguel Mossoró, que ficou conhecido pelas propostas inusitadas

002Miguel Mossoró morreu na tarde de hoje, aos 76 anos, em Natal (Foto: Júnior Santos/Tribuna do Norte)

O Partido Trabalhista Cristão (PTC), por meio do presidente do diretório em Mossoró, Luiz Antônio Costa Reis, emitiu nota de pesar lamentando profundamente pelo falecimento do ex-presidente da legenda, Miguel Joaquim da Silva, conhecido por todos como Miguel Mossoró. Nos últimos anos, o militar aposentado foi responsável pelo fortalecimento do partido em todo o Rio Grande do Norte, se destacando em importantes candidaturas.

“A audácia e a irreverência de Miguel permitiram ao povo potiguar não apenas conhecer o PTC, mas se vestir de uma nova esperança. Se para alguns as propostas defendidas pelo trabalhista-cristão pareciam mirabolantes, para uma importante parcela significaram uma mudança de paradigma que lhes devolveu a possibilidade de imaginar uma política mais audaciosa e proativa”, diz Luiz Antônio Costa Reis no comunicado divulgado à imprensa.

“A partida de Miguel Mossoró representa uma grande perda para o PTC, como também para a política do Estado. Em nome de todos os membros do partido, a atual presidência lamenta profundamente o ocorrido e com imensa tristeza presta suas sinceras condolências aos familiares e amigos”, concluiu o presidente.

Inusitado

Em suas campanhas, Miguel Mossoró ficou conhecido pelas propostas inusitadas, como a ponte que ligaria Natal a ilha de Fernando de Noronha, distantes 380 quilômetros. “Se os europeus fizeram um túnel embaixo do mar, por que nós não podemos fazer uma ponte como essa”, dizia na época.

Além disso ele pretendia implantar a educação em tempo integral na rede municipal, premiando os 100 melhores alunos com viagens para a Disney, um teleférico entre o Morro do Careca e a Via Costeira, em Ponta Negra, uma escada rolante em Mãe Luiza e o projeto “Mãozada no turismo sexual” no qual assegurava que “turista que vier pra Natal fumar maconha, cheirar cocaína e prostituir nossas garotas vai pra mãozada com Miguel Mossoró”.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *