Próxima do Governo do Estado, oposição perde oportunidade de discurso quando silencia sobre a segurança pública

AREIA BRANCA TERÁ PERÍODO FESTIVOÉ preciso que mais pessoas se envolvem em prol de Areia Branca

A oposição política em Areia Branca tem deixado passar em branco preciosas oportunidades de preparar um discurso com subsídios para suas campanhas eleitorais. A quinta derrota conseguida para o mesmo grupo político que ao longo dos anos vem se revezando no governo municipal, deixou os oposicionistas sem discurso. E as poucas oportunidades de sobrevivência que surgem, eles (os adversários do atual sistema governista) não se agarram a elas.

Uma oposição responsável e que se diz desejosa de fazer alguma coisa pela cidade e pelo povo, não cruza os braços diante da situação de abandono em que se encontra a segurança pública no município. Isso, considerando que o grupo político que disputou as últimas eleições em nível local, se intitulava porta-voz da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

Os “cabeças” da oposição em Areia Branca, na atualidade, são pessoas muito próximas da governadora, além de estarem cercados por expoentes de peso nas diversas esferas, incluindo o Judiciário, sem contar o acesso livre ao Governo do Estado. Mas, no entanto, o que fizeram, o que estão fazendo e o que pretendem fazer em favor da cidade? Pedir em nome da segurança dos areia-branquenses já seria um bom começo…

Nos palanques, na imprensa, nas redes sociais todos declaram seu amor por Areia Branca. Chega a emocionar. Mas no fundo, existe uma forte torcida pelo “quanto pior, melhor”. Mirem-se no exemplo de Mossoró. A “briga” deles, lá, é somente em época de eleição. Passada a campanha, todos de unem em defesa dos interesses da cidade. O resultado desse trabalho conjunto é que Mossoró cresce a galope.

Fica a dica.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *