Protesto em Natal contra Dilma e a corrupção no país foi menor que a manifestação de 15 de março

0 0kManifestantes nas ruas da capital potiguar

Milhares de pessoas voltaram a protestar de forma pacífica contra a presidente Dilma Rousseff e contra a corrupção no país na tarde deste domingo, 12, em Natal.  Segundo a Polícia Militar, 5 mil pessoas participaram do protesto. A organização estimou 7 mil manifestantes. A quantidade é menor do que a do ato de 15 de março.

De acordo com a PM, não houve ocorrências durante  a manifestação. O protesto começou às 16h30, com concentração no cruzamento das avenidas Senador Salgado Filho e Bernardo Vieira, no Tirol, zona Sul de Natal. Com centenas de faixas e cartazes, vestidos de verde e amarelo e com bandeiras brancas, os manifestantes criticaram a gestão petista na administração federal. Em meio ao ato público, algumas pessoas pediram o impeachment de Dilma. Outras chegaram a defender uma intervenção militar para destituir o governo do PT.

A manifestação ocorreu simultaneamente em outros locais do país. Também aconteceram atos em Alagoas, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo. Mais cedo, houve também no Rio Grande do Sul, contra os pedidos de impeachment.

Mossoró

Também houve protesto contra a corrupção na cidade de Mossoró, na região Oeste potiguar. A concentração foi às 15h, em frente ao colégio Diocesano. Os organizadores do ato não divulgaram a estimativa de pessoas presentes. Segundo a PM, 500 pessoas estiveram no local.

00   0kAlguns grupos chegaram a defender uma intervenção militar

Fotos: Reprodução / G1 RN

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *