Proposta da deputada Sandra Rosado cria incentivo financeiro para policiais que desempenham tarefas na inteligência

1841Deputada Sandra Rosado busca reconhecimento para o trabalho do policial na área de inteligência

Profissionais que atuam em atividades de inteligência policial poderão contar com um aditivo financeiro. A proposta foi apresentada pela deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN), por meio da Indicação 5540/2013, ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso que já encaminhou o assunto para que fosse adotada as devidas providências.

A ideia de Sandra Rosado é que seja criado um incentivo financeiro para que os policiais que desempenham tarefas na área de inteligência tivessem o seu trabalho reconhecido e algum incentivo para que se fixassem na atividade. Ela sugere que o Ministério da Justiça viabilize um estudo de medidas para a criação de uma parcela remuneratória que valorize o contingente policial que trabalha na inteligência.

“Nesse campo de atuação policial, são exigidos grandes sacrifícios dos policiais. Lidar com informantes não é fácil. Sempre expostos a mentiras e desinformação, esses policiais sofrem em silêncio. Além disso, participam de operações encobertas e ações controladas que envolvem elevado risco as suas vidas”, enfatiza.

A parlamentar justifica que devido a sua óbvia importância, é desnecessário destacar o papel relevante que as atividades de inteligência policial desempenham na desarticulação de quadrilhas e de organizações criminosas. “Quanto mais sofisticadas são essas organizações, mais necessário se faz que seja realizado um excelente trabalho de inteligência”, frisa.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *