Projeto Som Sem Plugs produzirá audiovisuais na bela praia de Ponta do Mel

A bela Ponta do Mel, em Areia Branca, está na rota do projeto (Foto: Site Turismo do Nordeste) 
Atingindo o número de mais de 14 mil votos online e quase 400
mil visualizações na FanPage, o edital “Música é Energia” é sucesso e trouxe
novos talentos para o Estado do Rio Grande do Norte selecionando cinco vozes de
vários estilos e ritmos musicais. Dando continuidade ao cronograma, no final
deste mês, a equipe do Som Sem Plugs embarca durante quatro dias pelo Oeste
Potiguar e região da Costa Branca para novas produções.
As produções do Som Sem Plugs serão gravadas em diversas
locações da grande Natal e interior do RN, até junho deste ano. A primeira
gravação foi com a banda Skarimbó. As próximas produções audiovisuais, com Pedro
Falcão e Alan Baboo, selecionados do edital “Música é Energia”, têm destino
marcado: Mossoró e Ponta do Mel (município de Areia Branca).
Mas, o Som Sem Plugs tem novidade. Nesta viagem será realizada
a primeira edição do projeto Som na Tela, tendo como convidado o pintor
mossoroense Laércio Eugênio. O Som na Tela mostra o processo criativo de
artistas plásticos e sua relação com a música.
O Som sem Plugs, que conta com o patrocínio da Companhia
Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), por meio da Fundação José Augusto
(FJA) e a Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura, do Governo do Estado do Rio
Grande do Norte, terá apoio local do Thermas Hotel & Resort e logística de
transporte realizada pela Locarx Aluguel de Carros.

Som Sem Plugs
O Som sem Plugs é um espaço virtual multimídia que reverencia a
cultura e o entretenimento com foco em produções audiovisuais independentes para
web. Em três anos de estrada já produziu mais de 200 vídeos, registrando e
propagando, sem exceções de estilos musicais, o trabalho de mais de 80 artistas,
divulgando assim, a música potiguar para o mundo.
Desde a sua criação, tem como propósito servir como uma
ferramenta de ampliação na divulgação da música e cultura de forma geral,
produzida no Rio Grande do Norte, dando o devido destaque e valor aos artistas
potiguares.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *