Projeto de alunos da Desembargador Silvério Soares fica com o terceiro lugar na Feira de Ciência da 12ª Dired

feira de ciencias OKProfessor Roberto Wanderley com os alunos participantes do projeto

A Escola Estadual Desembargador Silvério Soares (EEDSS) de Areia Branca, foi um dos 28 estabelecimentos de Ensino Médio da rede estadual que participaram da V Feira de Ciências da 12ª Diretoria Regional de Educação e Desportos (Dired) de Mossoró, com o tema “Trabalhando o Método Científico”. O evento aconteceu nos dias 10 e 11, nas dependências da Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho.

De acordo com a coordenação, as Feiras de Ciências consistem numa atividade na qual o aluno realiza trabalhos de investigação científica, possibilitando o desenvolvimento de práticas experimentais por meio do método científico, tornando-os sujeitos ativos na construção dos seus conhecimentos. 

Estiveram envolvidos diretamente na feira, alunos matriculados em 28 escolas da rede estadual, gestores e professores, abrangendo 8 municípios da circunscrição da Dired: Areia Branca, Baraúna, Governador Dix-sept Rosado Rosado, Grossos, Mossoró, Serra do Mel, Tibau e Upanema.feira de ciencias 4 OK PROJETO                Projeto dos alunos da EEDSS foi selecionado entre os três melhores

De cada escola foram selecionados os três melhores projetos para participar da feira, sendo que cada projeto foi constituído por três alunos e um professor. 

Entre os 57 trabalhos selecionados e apresentados pelas escolas na feira, um dos destaques foi o projeto dos alunos da EEDSS, com o tema “Porque é necessário a captação de energias renováveis para o uso de banhos noturnos”, que obteve a terceria colocação geral.

O projeto consiste em dois reservatórios de água acoplados a um chuveiro, onde um dos recipientes é de cor preta e o outro de cor prata. O reservatório de cor preta, por causa de sua cor, absorve a energia do Sol e passa para a água, a aquecendo. Já o prateado ou branco, por causa de sua cor, reflete a luz, não a absorvendo, e não esquentando a água dentro do recipiente, fazendo assim o processo inverso ao reservatório preto. feira de ciencias 2 OK OK                               Professor Roberto com os alunos Gabriel Silva e Pedro Saldanha

Na sua fase de testes, o reservatório preto chegou a uma temperatura de 54°C e ficou conservado com uma temperatura média de 40°C às 2h da madrugada. Com um projeto desses, substituindo os chuveiros elétricos, faria uma economia residencial de em média R$ 25.

Os responsáveis pelo projeto classificado em terceiro lugar são os alunos Gabriel Ferreira da Silva, Pedro Saldanha da Silva Junior e Wesley Keven Souto do Vale, da EEDSS, sob orientação do professor Roberto Wanderley de Souza.

feira de ciencias 3 OKA V Feira de Ciências da 12ª Dired é financiada pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (Fapern), pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e Ministério da Educação (MEC).

O aluno Wesley Souto e o professor Roberto exibem medalhas conquistadas

A Feira é realizada por meio das parcerias com a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte (SEEC).

O objetivo da iniciativa é desenvolver uma amostra científica em todas as escolas de Ensino Médio da rede estadual, com base no método científico, visando promover uma melhoria no processo ensino e aprendizagem da escola, por meio da participação do aluno na Feira de Ciências.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *