“Primeiro projeto, depois nome”, diz o vereador Francisco Carlos sobre sucessão mossoroense em 2016

 Vereador Francisco Carlos durante entrevista no programa Meio Dia Mossoró (Foto: Divulgação)
Em entrevista à FM 95, nesta quinta-feira, 31, o vereador
Professor Francisco Carlos (PV) avaliou que, no atual momento político, as
lideranças precisam desarmar o espírito e construir um projeto econômico, social
e administrativo para Mossoró.
“O debate político deve ser feito sobre como Mossoró vai sair
dessa situação difícil. Deve-se montar um projeto e depois discutir qual pessoa
melhor pode executá-lo. Ou seja, primeiro o projeto, depois o nome”, propôs, no
programa Meio Dia Mossoró.
O vereador, entretanto, reconheceu que o eleitor, em geral, nem
sempre obedece a essa lógica, e expressa seu sentimento, sua paixão política.
Por isso, começa-se a falar em candidatos antes de se definir o projeto para a
cidade, segundo ele.

Propostas
“Mas, torcemos para que as lideranças não discutam apenas
nomes. Porque não acho o mais importante se será Rosalba, Fafá, Larissa, A ou B.
O importante é qual o projeto para Mossoró. Na discussão do projeto, se pensa em
nomes”, opinou.
E, em relação ao candidato, defendeu nome não apenas com
potencial técnico e pessoal, mas com capacidade política e confiança do povo.
“Quando a campanha começar, esperamos que Mossoró faça um debate qualificado”,
concluiu Francisco Carlos.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *