Presidente da Codern e técnicos da SNP vêm a Areia Branca para coordenar ações emergenciais no Porto-Ilha

Terminal Salineiro está com atividades paralisadas por determinação do Ibama (Foto: Reprodução)

O presidente da Companhia Docas do RN (Codern), Fernando Dinoá, desembarcou de Brasília em Natal, na manhã deste sábado, 14, e já está se dirigindo ao município de Areia Branca, para coordenar as ações emergenciais objetivando o desembargo do Porto-Ilha. Está acompanhado por Ogarito Linhares, diretor do Departamento de Outorgas Portuárias da Secretaria Nacional de Portos (SNP) e Uirá Cavalcante de Oliveira, Coordenador-Geral de Gestão Ambiental da SNP.

“Assumi a presidência da Codern há oito dias e já deixei claro aos funcionários que Segurança Industrial e Meio Ambiente são áreas prioritárias e fundamentais para as operações portuárias. Não abrirei mão dessas premissas. Os desafios são muitos mas a minha disposição de lutar e vencer são maiores. Venceremos esses obstáculos e retornaremos as nossas atividades portuárias o mais breve possível”, destaca Fernando Dinoá.

Na sexta-feira, 13, Dinoá se reuniu em Brasília com os ministros dos Transportes (Valter Casimiro) e Meio Ambiente (Edson Duarte), com apoio da bancada federal potiguar, representada pelo seu coordenador, o deputado federal Felipe Maia. O Secretário Nacional de Portos, Luiz Otávio, os senadores Garibaldi Filho (MDB), José Agripino (DEM) e os deputados federais Walter Alves (MDB) e Rogério Marinho (PSDB) também estão empenhados acompanhando passo a passo as ações.

“Todas as ações estão sendo tomadas para que possamos solicitar uma nova vistoria o mais rápido possível”, finaliza Dinoá.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *