Presidente da Câmara Municipal de Areia Branca propõe criação de Medalha do Mérito Cultural

0Vereador “Netinho Cunha”, autor da proposta que institui a nova honraria na edilidade (Foto: Jailton Rodrigues)  

Por iniciativa do presidente da Câmara Municipal de Areia Branca, Francisco José de Souza Neto, “Netinho Cunha” (PSB), a cultura vai ganhar um incentivo em nível local. Por sugestão do vereador, a Casa vai criar a Medalha do Mérito Cultural, que contemplará todos os anos personalidades que tenham contribuído para o desenvolvimento artístico ou cultural da cidade.

A proposta de criação da honraria no âmbito do Legislativo foi apresentada na sessão ordinária de ontem, 1º, pelo vereador “Netinho Cunha”. Ele explicou que na sequência das reuniões o assunto será aprofundado, inclusive discutirá com os demais vereadores a data em que a homenagem será entregue e os critérios que definirão a escolha dos agraciados.

Segundo “Netinho Cunha”, a ideia é incentivar e prestigiar a produção artística e cultural da cidade. “A cultura é um setor pouco reconhecido, mas precisamos lembrar que, além de ser fundamental para a qualidade de vida das pessoas, é um importante gerador de trabalho e renda”, destacou o presidente.

Na sessão, o vereador João Paulo Borja (PC do B) se antecipou e sugeriu ao presidente “Netinho Cunha” que o saudoso estilista, carnavalesco e agente cultural Geraldo Monteiro Filho, “Geraldinho”, desse nome à honraria. “Todos temos conhecimento da importância do trabalho de “Geradinho” para a promoção da cultura local. Além de carnavalesco, ele teve participação ativa nos momentos artísticos e culturais da cidade. Nada mais justo que a denominação de Medalha do Mérito Cultural Geraldo Monteiro, à honraria proposta pelo dirigente desta casa”, justificou.

A sugestão de João Paulo foi compartilhada pelo vereador José Nazareno de Lemos (DEM), que disse também ter pensando em homenagear “Geraldinho” logo que o presidente “Netinho Cunha” tornou público a proposta de instituir a medalha. Outro edil que se manifestou em favor do nome do falecido areia-branquense para dar nome à honraria, foi Aldo Dantas (PMDB), exaltando o papel exercido por “Geraldinho”, que faleceu em fevereiro de 1998,  nos meios culturais da cidade.

“É importante que os colegas vereadores apresentem outros filhos da terra ilustres que poderiam dar nome à medalha, pois havendo mais de um nome, colocaremos em votação para que a escolha do homenageado seja consensual”, concluiu “Netinho Cunha”.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *