Prefeitura e Coopervida reúnem moradores de Serra Vermelha para discutir implantação de unidades de produção

    Representantes da prefeitura e da cooperativa reunidos com  os moradores de Serra Vermelha
Na terça-feira, 16, foi realizada uma reunião na comunidade de
Serra Vermelha, com a participação de representantes da Prefeitura de Areia
Branca, técnicos da Cooperativa de Assessoria e Serviços Múltiplos ao
Desenvolvimento Rural (Coopervida) e lideranças comunitárias locais.
O objetivo do encontro foi definir os colonos que ficarão à
frente das unidades demonstrativas de produção que serão implementadas naquela
área de assentamento pela Coopervida.
Na reunião, a prefeita de Areia Branca, Luana Bruno (PMDB), foi
representada pelo Controlador-geral do Município, Francisco Macedo, já que no
mesmo horário a gestora cumpria outro compromisso administrativo.
       Francisco Macedo (à dir.) representou a prefeita Luana Bruno no encontro 
Ainda representando o Executivo, esteve presente o secretário
municipal de Agricultura e Pesca, Ari Félix da Silva, e o engenheiro agrônomo
Odilon Cabral, além de técnicos da Coopervida e moradores de Serra Vermelha.
Em Serra Vermelha serão implementadas três unidades
demonstrativas de produção de hortaliças e avicultura. De acordo com técnicos da
Coopervida, nessas unidades serão produzidos alimentos que vão fortalecer a
cadeia alimentar e melhorar a renda das famílias assentadas.
Instalado em Serra Vermelha como experiência, o projeto poderá
se expandir para outras famílias na comunidade.

Adutora
Secretário de Agricultura, Ari Félix, participou do evento  
Em Serra Vermelha está sendo construída uma adutora que vai
garantir o abastecimento de água da comunidade e na vizinha Canto do Amaro, além
da localidade de Piquiri, já no município de Mossoró.
A Coopervida presta assistência técnica à Petrobras, executora
do projeto da adutora em parceria com as prefeituras de Areia Branca e Mossoró.
Na segunda-feira, 15, a prefeita Luana Bruno disse que é
propósito da gestão levar água potável às comunidades de Serra Vermelha e Canto
do Amaro. “No final do ano passado fizemos um aditivo do convênio junto a
Petrobras a respeito da obra de construção da adutora que abastecerá essas
comunidades. O prazo para conclusão da obra, segundo programação da Petrobras, é
de até o final deste primeiro semestre”, afirmou.

Fotos: Erivan Silva

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *