Prefeitura de Areia Branca identifica crime ambiental na comunidade da Redonda

Jânio Rebouças, gerente da MSL, foi averiguar o caso a pedido da prefeita Iraneide (Foto: Reprodução)

A partir de uma denúncia, a Prefeitura de Areia Branca identificou um crime ambiental na comunidade da Redonda, litoral do município: o lamentável despejo de lixo em área de dunas, no acesso à praia.

Por determinação da prefeita Iraneide Rebouças (PSD), a empresa MSL realizou na manhã desta terça-feira, 28, uma ação de limpeza no local.

O gerente da MSL, Jânio Rebouças, explicou o caso e orienta a população a não cometer esse tipo de atitude, nunca jogar lixo em área de preservação ambiental.

Segundo o gerente, o local não é uma rota do sistema coletor da empresa, portanto não é área adequada para depositar esse tipo de resíduo. “Mas mesmo assim, atendendo à solicitação da prefeita Iraneide, deslocamos uma equipe para essa área de dunas para realizar uma catação, fazendo a limpeza de todo o resíduo depositado pela comunidade de forma inadequada”, explica Jânio Rebouças.

Ele aproveita a oportunidade para pedir aos moradores da comunidade que coloquem o lixo em locais adequados, facilitando o recolhimento por parte dos caminhões coletores. “Sem contar que é uma área de dunas, o que não deixa de ser crime ambiental depositar esse tipo de lixo no local”, alerta Jânio Rebouças.

E conclui pedindo aos moradores de Redonda que coloquem o lixo no local correto para que as equipes da MSL possam fazer a coleta.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *