Prefeito de Porto do Mangue entrega novas moradias durante as comemorações da emancipação política da cidade

TITITCO ENTREGA CASA HOJEBeneficiário recebe do prefeito “Titico” as chaves da sua casa, tornando realiadade um sonho que parecia distante  

O sábado, 28, festivo na cidade de Porto do Mangue foi marcado pela emoção das novas famílias de baixa renda que realizaram o sonho da casa própria. Hoje, quando o município está comemorando 18 anos de emancipação política, o prefeito Francisco Gomes Batista, “Titico” (PMDB), fez a entrega de novas mordias para mais 12 famílias. O benefício é parte do programa de habitação popular desenvolvido a partir da primeira gestão de “Titico”.

As novas casas foram entregues simbolicamente meio ao clima festivo que predomina na cidade. Além do prefeito e da primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, Maria Clara, pasta a qual o programa habitacional da prefeitura está vinculado, participaram do ato o deputado federal Betinho Rosado, vereadores do município, auxiliares do governo municipal, os beneficiados com as unidades habitacionais e o povo em geral.TITICO, CASAS HOJE                       Programa habitacional da prefeitura está mudando a realidade das famílias de baixa renda

Durante a entrega das chaves aos beneficiários, o prefeito “Titico” lembrou dos investimentos feitos na sua gestão para combater o déficit habitacional no município, com impacto maior na erradicação de casas de taipa. Ele disse que sua maior satisfação é saber que a partir de agora mais 12 famílias passam a morar em sua própria casa, sem dever favor a ninguém.

O prefeito disse ainda, que dará continuidade à construção de mais casas populares e breve estará fazendo a entrega de outras unidades.

Emancipação

A história da emancipação política de Porto do Mangue teve origem com a pujança do seu setor marítimo. Atraídos pela movimentação cotidiana causada pelo pequeno porto marítimo localizado à beira de um mangue, várias famílias de trabalhadores em atividades marítimas deram início a um povoamento que devido a sua localização, recebeu o nome de Porto do Mangue.                                                Porto do Mangue completa 18 anos de emancipação política

A prosperidade alcançada com a pesca, a extração vegetal e o cultivo de pequenas lavouras, impulsionou o crescimento do povoado.

A luta pela emancipação política contou com a participação de toda a comunidade e de várias lideranças regionais.

No dia 28 de dezembro de 1995, através da Lei nº 6.851, Porto do Mangue teve suas terras desmembradas do município de Carnaubais, tornando-se município do Rio Grande do Norte.

Fotos/Reprodução: Jailton Rodrigues

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *