Prefeito de Macau participa de batismo de navio-patrulha com o nome da sua cidade

NAVIO MACAUNavio-Patrulha Macau recebeu esse nome em homenagem à cidade do litoral potiguar

A Marinha do Brasil realizou na manhã desta terça-feira, 30, a cerimônia de batismo do Navio-Patrulha Macau, que será incorporado à Armada da Marinha. A solenidade foi realizada às 9h, no Píer da Indústria Naval do Ceará (INACE), em Fortaleza. O evento contou com a presença do prefeito de Macau, Flávio Vieira Veras, e do comandante da Marinha do Brasil, Almirante-de-esquadra Júlio de Souza Moura Neto. O navio foi construído, pela Indústria Naval do Ceará.

Durante a solenidade o prefeito Flávio Veras, que participou da solenidade atendendo a convite formulado pela Marinha, destacou que foi uma grata surpresa essa homenagem à sua cidade. O Navio-Patrulha Macau recebeu esse nome em homenagem à cidade do litoral potiguar, famosa por suas salinas e pela produção de petróleo.

A embarcação é o segundo de uma nova classe de Navios-Patrulha em construção. Sua construção faz parte de um estudo realizado pela Marinha do Brasil, em novembro de 2005, para a construção de uma nova classe de Navios-Patrulha que realiza, prioritariamente, fiscalização das Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB), atividade de patrulha, inspeção naval e salvaguarda da vida humana no mar, contribuindo para a segurança do tráfego marítimo nacional e defesa dos interesses estratégicos do Brasil.

A tripulação do navio é composta por 34 militares, sendo quatro Oficiais e 30 Praças, e o Capitão-de-Corveta Maurício do Nascimento Pinto, será o seu primeiro Comandante.

Características do Navio:
Comprimento total: 55,6 m
Boca máxima: 8,0 m
Calado máximo:.2,5 m
Deslocamento: 500 t
Sistema de propulsão: 2 MCP MTU 16V 4000 M90
Geração de energia: 3 Grupos diesel-geradores MTU
Velocidade máxima: 21 nós
Raio de ação a 15 nós: 2.500 MN
Autonomia: 10 dias
Armamento:
01 Canhão 40mm L70 (AOS)
02 Metralhadoras 20mm GAM B01-2
Operações Aéreas:
Capacidade de operar com aeronaves em fainas de recebimento de cargas e de pessoal. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Marinha do Brasil).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *