Prefeito de Areia Branca trabalha no limite quanto a gastos para atender exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal

SOUZA ESTÁ 0K“Souza”  quer fechar o ano em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal

Diversas cidades estão tomando providências para fechar contas e não entregar o poder com dívidas aos seus sucessores. Em Areia Branca não tem sido diferente. Faltando menos de dois meses para concluir o mandato, o prefeito Manoel Cunha Lima, “Souza” (PP), está trabalhando no limite no que diz respeito a gastos, para conseguir fechar o ano em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O gestor tem motivos para estar precavido. Na hora de avaliar as contas do prefeito, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) faz uma análise minuciosa e, para não cair na malha da lei, o prefeito é obrigado a “apertar o cinto”.

Diante dessa realidade, “Souza” vem tomando algumas medidas para que o encerramento de seu mandato e a transição de governo seja feita da melhor forma possível.

A LRF também diz que não se pode contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro do mandato, ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa. 

Isso tem sido um problema para muitos prefeitos e, na maioria dos casos, nem é questão de má gestão do município, mas, a redução de repasses do governo federal para os municípios é apontada como o principal motivo da crise no final dessa gestão.

Mas mesmo enfrentando um período administrativo delicado, o prefeito “Souza” trabalha para cumprir as metas estabelecidas pela sua gestão para o período. Ele acredita que ainda concluirá e entregará à população muitas obras que estão em andamento antes de encerrar o atual mandato.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *