Polícia de Apodi agiu rápido e prendeu ex-presidiário que confessou ter estuprado idosa de 82 anos na zona rural do município

Francisco Marques confessou ter estuprado a anciã na zona rural de Apodi

Em menos de 24 horas de um estupro registrado na comunidade de São Dimas, zona rural de Apodi, policiais da Delegacia da Polícia Civil de Apodi e do Destacamento da Policia Militar de Severiano Melo, prenderam, o homem acusado do monstruoso crime que deixou a população de Apodi e região revoltada.

O crime aconteceu ontem, 17, por volta das 15h, quando a Delegacia de Policia Civil de Apodi recebeu uma denuncia de que tinha acontecido um estupro na comunidade rural de São Dimas. De imediato foi acionada uma guarnição da Policia Militar que ao chegar ao local comprovaram a veracidade dos fatos, uma senhora (nome preservado) de 82 anos de idade, foi estuprada por um desconhecido, que aproveitou da fragilidade da vítima e o momento que estava sozinha em casa para agir e praticar a crueldade.

Durante toda tarde e parte da noite de ontem  a Policia Civil e Militar realizou varias diligencias na região, mas não obteve êxito. A única informação concreta que os policiais tinham era que o crime tinha sido praticado por um andarilho, que antes do estupro tinha praticado um furto na mesma comunidade, levando um aparelho de radio da residência de um vizinho da vitima.

Porém, na manhã dessa quinta-feira, 18, o delegado Renato Oliveira recebeu informações que tinha uma pessoa suspeita nas imediações do Posto Curió II que fica às margens da BR-405 próximo ao contorno de acesso à cidade de Severiano Melo. Imediatamente o delegado acionou o Destacamento da Policia Militar de Severiano Melo comandado pelo sargento Ediesio e a prisão do suspeito foi realizada com sucesso.

Levado para Apodi, o homem preso tratava-se de um velho conhecido da policia, o ex-presidiário, Francisco de Assis Silva Marques, 34 anos, natural de Pereiro, no Ceara, mas que há muito tempo morava na região de Apodi. Inclusive por ter praticado vários furtos na região, foi preso e condenado, chegando a cumprir pena de quase cinco anos no Centro de Detenção Provisório de Apodi, Cadeia Publica de Caraúbas e no Complexo Penitenciário Dr. Mario Negocio em Mossoró.          Delegado Renato Oliveira comandou as operações que resultaram na prisão do suspeito 

Na Delegacia de Apodi, o preso Francisco Marques, terminou confessando ao delegado Renato Oliveira, a autoria do furto do aparelho de radio e do estupro. Levou os policiais ao local/matagal, onde estava escondido o aparelho de som, as roupas que ele estava usando no momento do estupro e uma calcinha da vitima, ainda suja de sangue. “Apesar de esta com 82 anos de idade, a vitima reconheceu o estuprador e os moradores da localidade também reconheceram o Francisco Marques, não temos nenhuma duvida que foi ele quem praticou esse bárbaro crime”, comentou o delegado.

À reportagem Francisco Marques, assumiu a autoria do estupro e disse que estava muito drogado e que tinha se arrependi do crime praticado. Agora ele esta no Centro de Detenção Provisória de Apodi, mas por medida de segurança o delegado Renato Oliveira, vai pedir sua transferência para outra unidade prisional, haja vista em Apodi ter um sobrinho da vitima preso e com isso Francisco Marques, corre risco de ser morto dentro da cadeia ou ate mesmo dos familiares da vitima e a própria população invadir o CDP.

A população apodiense tem colaborado bastante com o trabalho da policia, realizando denuncias para os telefones (84) 3333-2737e o 190. 

Fonte: Jornal O Vale do Apodi  – www.ovaledoapodi.com.br ([email protected])

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *