Petrobras reúne comunidades pesqueiras já incluídas no programa de compensação

CAMARA MUNICIPAL SEDE Nesta terça-feira, 28, às 14h, na Câmara Municipal de Areia Branca (foto), haverá uma reunião pública realizada pela Petrobras, tendo como público alvo moradores das comunidades de São Cristóvão, Redonda e Upanema de Cima. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA) participam do encontro. Reunião idêntica está marcada para amanhã, 29, em Ponta do Mel, com a mesma finalidade.

A reunião faz parte das ações de comunicação social da Petrobras e é utilizada como uma ponte entre a empresa e as comunidades incluídas no Programa de Ação Participativa para a Pesca (PAPP), um projeto elaborado para que as comunidades pesqueiras avaliadas como em área de risco, recebam uma compensação pelo impacto causado pelas atividades da empresa na área, já que muitas vezes e em diversas localidades, nessa fase os pescadores ficam impedidos de exercerem suas atividades.

PRAIA DO CRISTÓVÃO II Vila-praia de São Cristóvão é uma das áreas incluídas do programa

Como forma de compensação, a Petrobras realizou visitas às comunidades citadas, buscando desenvolver projetos que atendam a principal necessidade de cada comunidade. Por meio do programa, a empresa viabilizada iniciativas como energia solar, reforma de embarcações, maricultura, fábrica de gelo, além de outras idéias, de acordo com a região.

Embora o Blog não tenha obtido essa informação, sabe-se que a política social da empresa contempla também as comunidades que não são atendidas em um primeiro momento, por não fazerem parte da área direta de risco, mas que participarão de projetos de educação ambiental e futuramente poderão vir a participar do programa.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *