Petrobras pagou mais de R$ 33 milhões de royalties em agosto; Macau lidera ranking

macau rnMacau recebeu mais de R$ 2, 3 milhões de royalties, este mês (Foto: Canindé Soares)

Os royalties pagos pela atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural na Bacia Potiguar totalizaram R$ 33,86 milhões no mês de agosto. Desse montante, R$ 16,56 milhões foram destinados ao governo de Estado e R$ 17,29 milhões a 94 municípios.

Macau lidera o ranking dos municípios em recebimento de royalties: R$ 2.385.355,27, seguido de Guamaré, com R$ 2.331.013,39 e Mossoró com R$ 2.010.159,40. Areia Branca continua na quinta posição com R$ 705.788,82.

Todos os dados são públicos e divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), por meio do portal www.anp.gov.br.

MUNICÍPIOS PRODUTORES       VALOR PAGO EM AGOSTO (R$)

    Macau                                                2.385.355,27 Guamaré                                            2.331.013,39 Mossoró                                             2.010.159,40 Pendências                                          1.920.563,07                 Areia Branca                                       705.788,82         Apodi                                                     380.543,15             
    Assu                                                       381.190,98   Governador Dix-Sept Rosado                  373.142,92
    Alto do Rodrigues                                    346.227,34
    Porto do Mangue                                     242.872,01 Carnaubais                                              306.656,53 Caraúbas                                                248.331,22 Upanema                                                219.070,56
    Felipe Guerra                                           152.826,95
    Serra do Mel                                            150.503,84
    Afonso Bezerra                                            4.100,20
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *