Petrobras e Senai/RN inauguram um moderno Centro de Capacitação Profissional para Operação de Sondas em Mossoró

Near Grande Prairie, Alberta, Brad Scothorn, right, and Derek Lewis, left, work on the drilling floor of Precision Drilling rig 375 drilling a natural gas well for Anadarko Canada, Thursday, Feb. 9, 2006. Spurred by rising demand and high prices, Anadarko and other energy companies are pushing further into the rugged backcountry of British Columbia, a region that can be expensive and technically challenging to operate in, but which is bustling nonetheless because of its immense promise for Canada, by far the largest exporter of natural gas to the United States.    (AP PHOTO/CP, Larry MacDougal)Centro oferecerá treinamentos teóricos e práticos na área da indústria do petróleo

Para atender a demanda por formação de mão de obra em atividade de construção de poços na indústria de petróleo, a Petrobras e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/RN), inauguram nesta sexta-feira, 12, às 11h, no anexo do Senai, em Mossoró, um moderno Centro de Capacitação Profissional para Operação de Sondas (CCPS).

Numa área cedida ao Senai pela Prefeitura de Mossoró, com cerca de 1000 m2, foram instalados cinco módulos de treinamento: Bombas de Lama, Movimentação de Cargas, Preparação e Circulação de Fluídos, Operações na Mesa de Perfuração e Treinamento em Altura, além de salas de aula.

No local, serão ministrados treinamentos teóricos e práticos para as funções de plataformistas, torristas e sondadores, tanto de alunos oriundos do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), quanto alunos-empresa e alunos da comunidade.

O centro permitirá que os alunos operem equipamentos e ferramentas reais, através da prática de alguns processos realizados numa operação normal.

Histórico

Além do Senai/RN, a Petrobras já instalou Centros de Capacitação semelhantes nas cidades de Lauro de Freitas (Senai/BA), Aracaju (Senai/SE), São Mateus (Senai/ES) e em Mossoró, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN). Até 2012, em torno de sete mil pessoas foram capacitadas nos referidos Centros.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *