Petrobras completa 59 anos nesta quarta-feira, registrando uma produção no pré-sal de mais de 200 mil barris por dia

exibe_imgAniversário da Companhia é comemorado com grandes perspectivas para o futuro

A Petrobras completa 59 anos, nesta quarta-feira, 3, em um momento especial de sua história, registrando uma produção diária no pré-sal de mais de 200 mil barris por dia. Para comemorar a data, a Petrobras estreia nova campanha publicitária em TV, rádio, mídia impressa e digital, com jingle gravado pelo cantor Lenine. O objetivo da campanha é informar à sociedade a dimensão e a importância dos investimentos da Companhia em toda a cadeia de petróleo e gás no Brasil, desde a capacitação de profissionais à viabilização de financiamentos de fornecedores.

O 59º aniversário da Companhia é comemorado com grandes perspectivas para o futuro, traduzidas em reservas provadas de 15,7 bilhões de barris de óleo equivalente no Brasil. O potencial recuperável das áreas do pré-sal, atualmente, equivale ao volume das reservas provadas atuais. A expectativa real de crescimento vem movimentando a indústria brasileira, com a encomenda de 21 plataformas de produção e 30 sondas de perfuração a serem construídas até 2020, além de 49 navios-tanque e centenas de barcos de apoio e serviços offshore. A produção de petróleo deverá passar dos 2 milhões de barris/dia produzidos no ano passado para 4,2 milhões de barris em 2020.

A Petrobras possui a maior carteira de investimentos entre as empresas do setor no mundo, envolvendo 980 projetos e investimentos de US$ 236,5 bilhões até 2016.  Seu Plano de Negócios e Gestão (PNG 2012 – 2016) prioriza a área de exploração e produção de petróleo e gás no País. Os investimentos em E&P no período totalizam 60% dos recursos, o equivalente a US$ 141,8 bilhões, dos quais US$ 131,6 bilhões em atividades no Brasil.

Além das sondas, plataformas e navios, previstas para as atividades marítimas, os projetos da Petrobras incluem novas refinarias, novas fábricas de fertilizantes, plantas de biocombustíveis, usinas de geração elétrica, unidades de regaseficação de GNL e ampliação da logística para atender o crescimento do mercado de petróleo e gás.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *