Petrobras anuncia investimentos que vão gerar quase dois mil empregos diretos em diversos municípios onde a companhia atua, no Estado

1Estatal anuncia projetos voltados para o aumento da produção na região

A área de Exploração e Produção da Petrobras no Rio Grande do Norte assinou, na última quinzena de abril, 19 instrumentos contratuais no Estado, para viabilizar projetos de desenvolvimento da produção de petróleo e gás da companhia. Esses projetos são voltados para o aumento da produção local e renovação das instalações.

Dentre os contratos assinados está a construção de 110 km de oleodutos ligando o campo de produção Canto do Amaro, em Mossoró, à Unidade de Tratamento e Processamento de Fluidos (UTPF), em Guamaré. Esse projeto visa a adequar a malha de escoamento da produção, na qual serão investidos US$ 187 milhões. No pico de execução, previsto para outubro de 2013, essa obra irá gerar cerca de 1000 postos de trabalho. Até o momento, 200 pessoas já foram mobilizadas.

Os novos contratos assinados irão gerar cerca de 1900 empregos diretos em diversos municípios onde a companhia atua, no Estado. Em Mossoró, serão implementados os projetos de Desenvolvimento Integrado do Polo do Campo de Produção Riacho da Forquilha, do Polo do Campo de Produção de Livramento e desenvolvimento complementar do Campo de produção do Canto do Amaro, em sua quarta etapa.

Em Alto do Rodrigues, os projetos de Adensamento de Malha no Campo de Serra, Adensamento de Malha para 70 metros e Injeção de vapor nos Campos de Estreito e Alto do Rodrigues.

As empresas contratadas fornecerão bens e serviços para as áreas de Construção e Montagem; Inspeção e Manutenção de Equipamentos; Segurança, Saúde e Meio Ambiente; Transporte e Serviços Gerais. No ano de 2012, o sistema Petrobras adquiriu no Rio Grande do Norte R$ 513 milhões em bens e serviços.

A Petrobras, em parceria com o Sebrae-RN, desenvolve várias ações de fomento à cadeia produtiva de petróleo, gás e energia do estado. Entre os resultados, pode ser citada, também, a certificação de 47 empresas pelas normas ISO 9000/14000/18000.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *