Pesquisa CNI/Ibope divulgada hoje aponta que aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff caiu de 55% para 31%

dilma-rousseff-20120302-92-size-598Dilma continua caindo nas pesquisas e perdendo forças nos estados

A aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff (PT) caiu 24 pontos percentuais e atingiu  31%, aponta pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada nesta quinta-feira, 25. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores com mais de 16 anos em 434 municípios em 26 unidades da federação, com exceção do Amapá, entre os últimos dias 9 e 12 deste mês. O índice de eleitores que consideraram o governo “bom ou ótimo” foi de 31%, contra 37% que consideraram o governo como “regular” e 31% que avaliaram como “ruim ou péssimo”.

No levantamento anterior, divulgado em 19 de junho, o percentual de eleitores que aprovaram a gestão foi de 55%. Na ocasião, a avaliação positiva caiu oito pontos após atingir o recorde de 63%.

A avaliação pessoal de Dilma passou de 71% na pesquisa de junho para 45% no levantamento atual. O índice de quem desaprova foi de 25% para 49% no levantamento atual.

O percentual de entrevistados que diz “confiar”  na presidente também caiu – passou de 67% em junho para 45% em julho. O percentual que não confia na presidente subiu de 28% para 50%.

Avaliação do governo Dilma por estado

O estado onde o governo Dilma é melhor avaliado é o Ceará, onde 54% avaliam como “ótimo ou bom”. A pior avaliação ocorreu no Rio de Janeiro, onde 19% consideram o governo da presidente como positivo. Veja abaixo o percentual de “ótimo ou bom” por estado:

Rio de Janeiro – 19%
Espírito Santo – 21%
Santa Catarina – 21%
São Paulo – 23%
Goiás – 26%
Paraná – 29%
Rio Grande do Sul – 29%
Minas Gerais – 33%
Bahia – 41%
Pernambuco – 41%
Ceará – 54%

Aprovação pessoal de Dilma por estado

A maneira de governar da presidente Dilma Rousseff tem maior percentual de aprovação também no Ceará, com 70% de aprovação. O pior resultado é registrado em São Paulo, com 33% de aprovação. Veja abaixo o percentual de aprovação pessoal por estado:

São Paulo – 33%
Espírito Santo – 34%
Santa Catarina – 35%
Rio de Janeiro – 38%
Goiás – 39%
Paraná – 39%
Minas Gerais – 45%
Rio Grande do Sul – 46%
Bahia – 54%
Pernambuco – 58%
Ceará – 70%

Confiança em Dilma por estado

A confiança no trabalho da presidente também teve melhor desempenho no Ceará e pior desempenho em São Paulo. Veja abaixo o percentual dos que confiam em Dilma por estado:

São Paulo – 33%
Santa Catarina – 34%
Paraná – 35%
Espírito Santo – 37%
Goiás – 37%
Rio de Janeiro – 38%
Minas Gerais – 43%
Rio Grande do Sul – 51%
Bahia – 52%
Pernambuco – 57%
Ceará – 89%

* Com informações do G1

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *