Pela primeira vez na história o município terá uma prefeita eleita pelo voto direto; Luana e Iraneide estão no páreo

Luana Bruno, fisioterapeuta, é a candidata do governismo à sucessão municipal

A mulher areia-branquense participa de forma expressiva da campanha eleitoral deste ano, no município. Dos 76 candidatos a vereador que tiveram registro de candidatura deferido no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN), 24 são do sexo feminino. Sem contar que na majoritária, as duas chapas que disputam a prefeitura são encabeçadas por mulheres.

Pela primeira vez na sua história, Areia Branca terá uma prefeita eleita pelo voto direto a partir de janeiro de 2013. E será da área da saúde. Outra peculiaridade: será oriunda de família com tradição na política, pois o marido ou pai já exerceu o mandato Executivo.

Pela oposição, a enfermeira Iraneide Rebouças (DEM) disputa a sucessão do prefeito Manoel Cunha Neto, “Souza” (PP). Ela já exerceu o cargo de vice-prefeita por sete meses, no mandato “tampão” do ex-prefeito Ruidemberg Ferreira Souto, “Beguinho” (PSD), entre agosto de 2007 e março de 2008.

Na majoritária, é a primeira vez que ela concorre. Mas é de família com tradição na política local, pois o sogro Alfredo Rebouças e o marido José Alfredo Rebouças, já administraram o município.

IRANEIDE essaIraneide Rebouças, enfermeira, concorre ao Executivo pela oposição

No sistema governista, a chapa é formada por duas mulheres: a fisioterapeuta Luana Pedrosa Bruno (PMDB) substituiu o pai, atual vice-prefeito Bruno Filho (PMDB), que foi impedido pela Justiça Eleitoral de concorrer à prefeitura. A enfermeira Lidiane Garcia (PSB) continua candidata à vice-prefeita.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *