Pedido de vista adia votação do projeto que antecipa a eleição da futura mesa diretora da Câmara Municipal de Areia Branca

NETINHO CUNHA OK ELEIÇÃO“Netinho Cunha” quer analisar melhor o texto que altera o regimento da edilidade areia-branquense

Ficou para o mês de agosto, na retomada dos trabalhos na Câmara Municipal de Areia Branca, a votação do Projeto de Resolução que altera o Regimento Interno da Casa, antecipando a eleição da mesa diretora para o biênio 2015-2016. Um pedido de vista do vereador Francisco José de Souza Neto, “Netinho Cunha” (PSB), tirou a matéria da pauta de votação da sessão ordinária de ontem, 18, a última do mês em curso e também do semestre.

Com a presença de 10 dos 11 vereadores com assento na Casa, o projeto chegou a tramitar junto às comissões, tendo recebido parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Mas no momento em que o presidente da mesa, vereador Sandro Góis de manifestou que iria colocar a matéria em votação, o vereador “Netinho Cunha” pediu vistas, suspendendo a tramitação do projeto.

Em conformidade com o ritual da Câmara, para ser aprovado em duas votações é preciso o projeto contar com oito votos favoráveis, ou seja, dois terços do total de vereadores da Casa. Se fosse colocado em votação na sessão passada, a matéria teria sido aprovada em primeira votação, ficando a segunda e última votação para a sessão de abertura do calendário ordinário do mês de agosto.

Segundo o vereador “Netinho Cunha”, o pedido de vista solicitado por ele é no sentido de analisar melhor o conteúdo do projeto de autoria do vereador Alderi Batista de Souza (PPS). Os dois têm pretensões de concorrer á sucessão do atual dirigente da mesa diretora da edilidade, Sandro Góis, cuja gestão só termina em 31 de dezembro de 2014.

Com a antecipação do pleito, conforme proposto pelo vereador Alderi Batista, a eleição para escolha da futura mesa diretora ocorreria até a última sessão ordinária do mês de agosto. Além de Alderi e “Netinho Cunha”, o vereador e atual vice-presidente da mesa, Antônio Luiz Neto, “Tonho da Cohab” (DEM), também pretende colocar seu nome como opção para a sucessão no âmbito do Legislativo municipal.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *