Participação do secretário de Segurança do município na sessão de ontem foi uma prévia da audiência pública marcada para 4 de abril

SESSÃO 1Rogério Edmundo apresentou plano de ação da atual gestão na área da segurança (Foto: Erivan Silva)

Ficou para o dia 4 de abril a audiência pública convocada pela Câmara Municipal com autoridades governais do Estado e do município e representantes do Judiciário, para debater propostas em busca de solução para o inquietante clima de insegurança que se instalou na cidade.

Uma prévia dessa audiência pública aconteceu ontem, 19, no plenário do Legislativo municipal, onde o tema falta de segurança dominou as discussões entre os vereadores e o secretário municipal de Segurança, advogado Rogério Edmundo de Souza, que participou da sessão a convite da edilidade.

Na reunião com os vereadores, ontem, o secretário Rogério Edmundo fez um relato desses quase três meses que está à frente da pasta da Segurança, apresentando um plano de metas estabelecido para o período, que inclui a contratação de mais homens para reforçar a Guarda Municipal Patrimonial, aquisição de mais veículos para ampliar as rondas noturnas, além de treinamento de equipes para exercer atividades em setores específicos que exigem pessoal mais qualificado.

Questionado pelos vereadores sobre o total de homens disponíveis atualmente na Guarda Municipal e o que está sendo feito de imediato pela gestão municipal para conter a onda dearrombamentos contra o patrimônio público, como tem se verificado nos últimos dias, o advogado Rogério Edmundo disse que hoje, a secretaria dispõe de 146 guardas na ativa nas zonas urbana e rural.

“De imediato já solicitamos a contratação de mais 40 homens para reforçar a guarda e estamos adquirindo equipamentos necessários para o trabalho da categoria no dia a dia, como cacetetes, lanternas e apitos”, adiantou.

SESSÃOA novidade foi que a sessão foi transmitida pelo Canal Areia Branca (Foto: Erivan Silva) 

Sobre o assunto segurança pública, muito questionado pelos vereadores, o secretário Rogério Edmundo disse que trata-se de um problema que não é privilégio somente de Areia Branca, cujas raízes são as drogas que estão cada vez mais avançando nos pequenos, médios e grandes centros urbanos, destruindo famílias e transformando pessoas de bem em verdadeiros bandidos.

O secretário Rogério Edmundo garantiu aos vereadores que a atual gestão, que tem à frente a prefeita Luana Bruno (PMDB), está atenta e vigilante, buscando todos os meios possíveis para amenizar a situação, uma vez que uma solução definitiva para o problema depende de muitos fatores. “A prefeita está trabalhando para devolver a paz e a tranquilidade aos areia-branquenses. E é salutar essa mobilização dos vereadores, mostra que realmente a legislatura está preocupada em ajudar a buscar soluções para os problemas que afligem a nossa sociedade”, concluiu.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *