Parceria com Governo do Estado reforça estrutura contra Covid-19

Hospital São Luiz contará com 10 novos leitos de UTI-Covid (Foto: Célio Duarte/Secom/PMM)

A Prefeitura de Mossoró confirma apoio para funcionamento de mais dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital São Luiz. Pactuados com o Governo do Estado, os novos leitos começarão a funcionar até o próximo dia 5 de março.

Esta semana, Mossoró começou a receber pacientes graves de Covid-19, transferidos da região metropolitana de Natal. Segundo o prefeito Alysson Bezerra (SDD), a medida é importante no momento em que a cidade começa a dar suporte à rede assistencial da capital.

Também prepara o município para eventual necessidade futura. “Mossoró atende a um grande número de pacientes que, somados dos municípios oestanos e os dos estados vizinhos, chega a mais de um milhão de pessoas”, ressalta.

A Secretaria Municipal de Saúde informa diz que, atualmente, o hospital de campanha São Luiz conta 40 leitos críticos de UTI. “Esse número subirá para 50 até o dia 5 de março e esperamos que estes leitos ajudem à população”, diz a titular da pasta, Morgana Dantas.

No entanto, segundo ela, é preciso ir além da abertura de leitos. “Temos que manter as medidas de prevenção ao novo coronavírus, como usar álcool 70%, lavar as mãos, usar máscaras e evitar aglomerações”, reforça a secretária de Saúde, Morgana Dantas.

Lotação na região de Natal obriga transferências

Desde que a ocupação de leitos críticos de UTI na região metropolitana de Natal ultrapassou a marca dos 80%, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) iniciou, nesta semana, transferências de pacientes para Mossoró e Caicó.

Na última quarta-feira, 24, dois pacientes com Covid-19 foram transferidos de avião para o Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros. O Hospital é referência em atendimento Covid-19 na Região do Alto Oeste. A unidade dispõe hoje de 31 leitos, sendo 13 de UTI, 15 clínicos e 3 de estabilização.

Trata-se da terceira transferência feita pela Sesap, que já vinha destinando pacientes de Parnamirim e João Câmara para os hospitais Rafael Fernandes e São Luiz, situados em Mossoró.

Ocupação de Leitos

Em Mossoró, até quinta-feira, 25, 84 pacientes estavam internados em leitos clínicos e leitos críticos, sendo 70 no serviço público e 14 no serviço privado. Deste total, 53 ocupavam leitos de UTI em ambos os serviços.

Portanto, no serviço público, a taxa de ocupação de leitos críticos situa-se na faixa de 65,2%. No setor privado, é de 53,3%.

Segundo a Sesap, em toda a região Oeste do Estado, o percentual de ocupação dos leitos de UTI chega hoje a 83,3%.

Covid-19 em Mossoró

Casos confirmados: 13.893

Casos suspeitos: 5.277

Casos descartados: 31.832

Óbitos confirmados: 295

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *