PAC 2 destina R$ 70 milhões para os portos de Natal e Areia Branca, incluindo dragagem

AREIA BRANCA ASSOREAMENTODragagem do canal do rio Apodi/Mossoró é uma obra para “ontem” (Foto: Ângelo Vale)  

O governo do Estado conseguiu assegurar um montante de R$ 70 milhões junto ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) para viabilizar a ampliação dos portos de Natal e Areia Branca. O aumento da capacidade desses terminais colocará o Rio Grande do Norte na rota de escoação de produtos nacionais e internacionais no Nordeste.

O anúncio foi feito pelo diretor presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), Emerson Fernandes, durante a audiência pública realizada sexta-feira, 8, na Assembleia Legislativa, em Natal, para discutir a atividade portuária no estado.

Segundo Emerson Fernandes, como a produção de sal em Areia Branca representa 95% da produção nacional, torna-se indispensável aumentar a capacidade do porto sem que o transporte seja feito por outros portos da região.

A ampliação do pátio permitirá uma maior armazenagem e quantidade de conteiners, o que vai refletir no transporte de produtos em grande volume. Também vão ser realizadas em Areia Branca obras de dragagem no acesso ao local, o canal do rio Apodi/Mossoró, que terá uma profundidade mínima de 17 metros, garantindo o fluxo de navios com até 75 mil toneladas.

Essa é a capacidade (17 metros) em portos brasileiros como o de Santos, em São Paulo e Suape, em Pernambuco.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *